Superferiado no Rio: cidades do Norte e Noroeste Fluminense anunciam restrições; veja regras | Norte Fluminense

0
8


Algumas cidades do Norte e Noroeste Fluminense anunciaram medidas restritivas para desestimular viagens de turistas e estimular a população local a ficar em casa durante o “superferiado”, criado pelo Governo do Estado e que vai desta sexta-feira (26) até o Domingo de Páscoa (4).

Entre as medidas adotadas por alguns municípios estão a instalação de barreiras sanitárias e o fechamento do comércio não essencial.

Veja abaixo as medidas anunciadas pelo governo do estado e pelos municípios:

O Governo do Rio estabeleceu, na última quarta-feira (24), quais são as medidas restritivas mínimas que devem ser adotadas durante o período de antecipação de feriados.

Entre as determinações do governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), para conter o avanço da Covid está a proibição de permanecer nas praias em todo o estado.

Segundo as regras anunciadas, bares e restaurantes podem ficar abertos até as 23h.

Além disso, municípios podem promover barreiras sanitárias nas rodovias estaduais para controlar o acesso nas cidades. Escolas públicas e particulares ficam fechadas.

Apesar das medidas estabelecidas pelo RJ, as decisões mais rígidas das administrações municipais irão prevalecer sobre as regras do governo estadual.

  • Apenas atividades essenciais estão permitidas na cidade.
  • Apenas atividades essenciais estão permitidas na cidade;
  • Praias fechadas.
  • Apenas atividades essenciais estão permitidas na cidade;
  • Bares e restaurantes só funcionam em sistema delivery;
  • Praias fechadas;
  • Barreiras em operação.

São Francisco de Itabapoana

  • Apenas atividades essenciais estão permitidas na cidade;
  • Bares e restaurantes só funcionam em sistema delivery;
  • Praias fechadas.
  • Apenas atividades essenciais estão permitidas na cidade;
  • Bares e restaurantes só funcionam em sistema delivery;
  • Igrejas e templos, fechados;
  • Comércio não essencial liberado com restrição de 50% da capacidade e funcionamento até 21h;
  • Igrejas e templos com 30%;
  • Toque de recolher às 22h;
  • Comércio não essencial liberado até as 19h, com 50% da capacidade; Depois só delivery;
  • Igrejas liberadas em 30%.
  • Apenas atividades essenciais estão permitidas na cidade;
  • Praias fechadas;
  • Barreiras em operação.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui