Produtor de Varre-Sai é vencedor do IV Concurso de Cafés Especiais do Estado do Rio de Janeiro | Norte Fluminense

0
34


Um produtor de Varre-Sai, no Noroeste Fluminense, foi o vencedor do IV Concurso de Cafés Especiais do Estado do Rio de Janeiro. A final foi realizada de forma virtual neste sábado (30).

Fidélis José de Oliveira Rodolphi levou o 1º lugar em Café Natural e 1º lugar em Café Cereja Descascado. O vencedor do concurso e a esposa, Alyne Chryslla Rodolphi, ressaltaram o trabalho familiar para chegar a este resultado. A produção de Alyne ficou em terceiro lugar na categoria “Natural”.

“Isso é um sinal que estamos no caminho certo. O resultado é muito satisfatório, ainda mais o fato de ganhar nas duas categorias e ainda ter um outro café nosso que ficou no terceiro lugar. É o resultado de um trabalho coletivo, feito em família, se fosse sozinho não daria certo”, disse o produtor.

Produtor Fidélis Rodolphi, de Varre-Sai, ficou em 1º lugar em duas categorias: Café Especial e Cereja Descascado — Foto: Arquivo pessoal/Fidélis Rodolphi

O negócio do café na vida de Fidélis começou com seu avô, foi herdado pelo pai e agora pelo produtor e seu irmão, que se especializaram no ramo dos cafés especiais.

“Ficamos em segundo e terceiro lugar nos concursos anteriores, o que prova que estamos no caminho certo. Investimentos em conhecimento e em prática para aperfeiçoar o produto, principalmente no pós-colheita, com o apoio da Emater-Rio e do Sebrae”, conta Fidélis.

Outros premiados do interior do Rio

Na categoria “Natural”, também se destacaram produtores de Porciúncula. José Sávio Muruci Vieira ficou em segundo lugar, Alyne Chryslla Rodolphi, em terceiro, e Geraldo Zanirate Neles, em quarto.

Já na categoria “Cereja Descascado”, o segundo lugar coube a Maria Adriana Monnerat Erthal, de Bom Jardim, na Região Serrana. Varre-Sai teve ainda representantes em terceiro e quarto lugar, respectivamente com Marcio André de Oliveira Vargas e Marcos Pelegrini Meneses.

O concurso é realizado pela Associação dos Cafeicultores do Estado do Rio de Janeiro (ASCARJ), com patrocínio da Emater-Rio e Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento e apoio da Emater-Rio, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Coopercanol, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Sebrae.

O secretário de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro, Marcelo Queiroz, acredita que este é um momento que vai ficar na história da produção rural do Rio de Janeiro.

“É uma honra poder participar deste momento tão marcante para a história do nosso estado ao lado do governador Cláudio Castro. As notas alcançadas pelos cafés no concurso ressaltam o trabalho das nossas vinculadas no desenvolvimento do café do estado do Rio de Janeiro. Um trabalho em equipe para a produção de um café de qualidade que cada vez mais tem ganhado notoriedade no mercado brasileiro. Parabéns para todos produtores pela qualidade apresentada neste IV Concurso de Cafés Especiais do Estado do Rio de Janeiro e à Associação pelo evento”, afirmou.

O presidente da Emater-Rio, Marcelo Costa, disse que o concurso ressalta o trabalho que vem sendo feito há anos para o desenvolvimento do café carioca.

“A Emater-Rio está empenhada para a valorização dos cafés do Rio de Janeiro, trabalhando com capacitação e elaboração de trabalhos técnicos que possam levar ao aumento da qualidade do café. O concurso é um exemplo desse trabalho, envolvendo os principais agentes do setor, resultando no desenvolvimento do Interior do Rio de Janeiro e entregando para o consumidor um produto de muita qualidade”, afirmou.

Os lotes de cafés especiais que participaram do IV Concurso de Cafés Especiais do Estado do Rio de Janeiro vão ser leiloados nos próximos dias. A Ascarj vai divulgar a plataforma para inscrição e divulgação do leilão.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui