Primeiro lote com doses da CoronaVac chega à Itaperuna, no RJ | Norte Fluminense

0
25


O primeiro lote da vacina contra a Covid-19, a CoronaVac, chegou à Itaperuna, no Noroeste Fluminense, na manhã desta terça-feira (19). O helicóptero da Polícia Militar saiu às 8h da capital, pousou em Miracema, e chegou ao Aeroporto Ernani do Amaral Peixoto, em Itaperuna, às 09h50, com forte esquema de segurança da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Defesa Civil.

De acordo com a Prefeitura, a aeronave trouxe todas as 2.040 doses da vacina estipuladas pelo Governo do Estado para essa primeira fase de imunização no município.

Ainda de acordo com a Prefeitura, levando em consideração o percentual de perda operacional de 5%, 969 pessoas do primeiro grupo prioritário devem receber as duas doses da vacina nessa primeira fase da campanha.

A vacinação no município começará nesta quarta-feira, (20), em pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (em asilos ou abrigos); pessoas com deficiência institucionalizadas (internadas) e 34% dos trabalhadores de Saúde, ressaltou o município.

O secretário de Saúde, Marcelo Ferreira, e o prefeito de Itaperuna, Alfredão, acompanharam a chegada da vacina — Foto: Divulgação/Prefeitura de Itaperuna

Além de Itaperuna, o Governo do Estado também enviou os lotes do imunizante para as demais cidades da Região Noroeste como Natividade, Bom Jesus do Itabapoana, Italva, Varre-Sai e Laje do Muriaé.

O prefeito de Itaperuna, Alfredão, acompanhou a chegada da vacina, junto com o vice-prefeito, Emanuel Medeiros, o Nel, e o secretário de Saúde, Marcelo Ferreira.

“Isso aí é uma vitória para todos nós. Toda a região também está recebendo. E vamos seguir o cronograma estabelecido pelos órgãos reguladores. Então, hoje é um dia de alegria para todos nós, porque a gente começa a combater esse vírus que ataca tanto o nosso povo”, disse o prefeito.

“Estamos muito felizes com a chegada da vacina e também ansiosos para começar a imunizar nossos itaperuneses”, disse o secretário de Saúde, Marcelo Ferreira.

As doses que chegaram a Itaperuna foram levadas para o Centro de Saúde Dr. Raul Travassos, para o armazenamento adequado. Um esquema de segurança também foi montado no local, com policiamento 24h por dia.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui