Mar avança em Atafona e coloca em risco pelo menos 40 casas em São João da Barra, no RJ | Norte Fluminense

0
28


O mar avançou na Praia de Atafona, em São João da Barra, no Norte Fluminense, na noite desta quinta-feira (2) e está colocando em risco pelo menos 40 casas na região. O problema já é antigo, o avanço começou por volta do ano de 1950.

Na manhã desta sexta-feira (3), a Defesa Civil reforçou uma barreira de terra construída em um mangue, na beira do mar para tentar conter a água. A contenção foi feita às 10h e, por volta do meio-dia, a água já chegou até a proteção.

Moradores passaram a noite de quinta e a manhã desta sexta tentando salvar móveis e pertences depois que a água chegou às casas.

Moradores tentam salvar móveis e pertences após avanço do mar na Praia de Atafona, em São João da Barra — Foto: João Vitor Brum/Inter TV

A Defesa Civil atua no local mas destacou que os trabalhos são paliativos, para amenizar a situação, mas disse que ainda há previsão de que o mar avance até a segunda-feira.

“É uma área de erosão costeira. Nós estávamos com dois dias de ventos muitos fortes. Apesar de que nessa madrugada não teve vento, mas o mar está agitado e com maré alta devido à lua nova, que começa amanhã. É difícil mensurar, mas acreditamos que o mar já avançou pelo menos 2 metros”, disse o coordenador da Defesa Civil, Marco Antônio Ribeiro.

Carro foi amarrado em árvore para não ser levado pela correnteza na Praia de Atafona, em São João da Barra — Foto: João Vitor Brum/Inter TV

Um dos moradores precisou amarrar o carro com uma corda e prendê-lo em uma árvore para evitar que o veículo seja levado pela correnteza.

Equipes da Prefeitura fazem o trabalho de retirada da água dos quintais e utilizam maquinários para remover entulhos arrastados pela água. A Defesa Civil também atua na limpeza de um canal que ficou assoreado por conta da maré.

Prefeitura atua na limpeza após mar avançar em Atafona, em São João da Barra — Foto: João Vitor Brum/Inter TV

A Defesa Civil informou que a Prefeitura está atendendo as famílias por meio da secretaria de Assistência Social para identificar quem precisa e poderá receber apoio com aluguel social.

Equipes retiram água de quintais de casas após avanço do mar em Atafona, em São João da Barra — Foto: João Vitor Brum/Inter TV



Fonte: G1