Macaé tem Cantata de Natal nesta quinta, 16, com orquestra que já se apresentou nos EUA e na Europa – Clique Diário

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A cidade de Macaé recebe, nesta quinta-feira, 16, a apresentação da Orquestra Sinfônica Mariuccia Iacovino, que acontecerá na Praça Washington Luiz, no centro da cidade, com entrada franca e início marcado para às 16h30.

Com apresentações em grandes salas do país, da América Latina, de Portugal e dos Estados Unidos (EUA), a orquestra contra com 58 músicos com idade entre 10 a 19 anos, provenientes de áreas de risco social, e com o maestro Brian Fleming, e, em Macaé, terá a participação especial do cantor Daniel Rangel.

De acordo com a prefeitura, o programa conta com composições de Leonard Bernstein, Georges Bizet, Guerra Peixe, Gioachino Rossini, e Ary Barroso, entre outros, tendo a coordenação artística de Hodyllon Martins.

Diretor geral da orquestra desde 2008, Jony William Villela Vianna é fundador e diretor presidente do Centro Cultura Musical de Campos, e diretor geral e idealizador do Festival Internacional de Música de Inverno de Campos (Femúsica), com atuação junto à Orquestra Sinfônica Ibero-Americana, na Venezuela, além de ser vencedor do Prêmio Anchieta, com o título de melhor de 2004 pelo Congresso da Sociedade de Cultura Latina – Seção Brasil.
Em 2013, em apresentação para o Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude, a orquestra atingiu seu recorde de público, com mais de 3 milhões de pessoas, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.
Na capital fluminense, a orquestra já se apresentou no Theatro Municipal, na Sala Cecília Meireles, no Palácio das Laranjeiras, no Teatro Vivo Rio e no Golden Room do Hotel Copacabana Palace.

Na América do Sul, os músicos já encantaram plateias no Auditório de Radio Paraná, no Paraguai; no Auditório Belgrano, no Auditório San Agustín e no Salon Dorado Del Teatro Colón, todos na Argentina; no Centro Sinfônico Nacional, no Museu Nacional de Arte, e no Teatro Municipal de El Alto, na Bolívia; no Carnegie Hall, nos EUA; e no Palácio de Mateus, no Conservatório de Coimbra, no Conservatório Nacional de Música e no Teatro Nacional de São Carlos, Portugal.
Formada em 1996, a Sinfônica Jovem foi incluída na Organização Não Governamental (ONG) Orquestrando a Vida El Sistema Brasileiro, implantada em Campos, nos moldes do El Sistema Venezuelano, com o objetivo de promover o aprendizado musical e a prática artística aos jovens em situação de vulnerabilidade.
O evento fecha a turnê Concertos de Natal deste ano, depois do sucesso das apresentações em Niterói, Quissamã, Campos dos Goytacazes e Rio das Ostras.





Fonte: Clique Diário