Idoso se vacina segurando cartaz com nomes de amigos vítimas da Covid-19: ‘não tiveram a mesma chance’; vídeo | Região dos Lagos

0
25


Um idoso de 72 anos prestou uma homenagem aos amigos que morreram vítimas da Covid-19 ao ser vacinado contra a doença na última sexta-feira (23), em Rio das Ostras, na Baixada Litorânea do Rio. Com um cartaz nas mãos citando o nome de amigos que perderam a luta para o novo coronavírus, Elson Porto recebeu a primeira dose da vacina de Oxford/AstraZeneca.

“Hoje (23) chegou a minha vez, mas vários amigos não tiveram a mesma oportunidade e por esse motivo lhes dedico a minha vacina”, dizia o cartaz.

Idoso leva cartaz em dia de vacinação com nome de amigos vítimas da Covid-19

Idoso leva cartaz em dia de vacinação com nome de amigos vítimas da Covid-19

Elson, a esposa e as três filhas moram em Rio das Ostras desde 2011, mas são de Guaxindiba, localidade de São Francisco de Itabapoana, no Norte Fluminense. Os dez amigos listados no cartaz que o idoso carregou no dia da vacinação são todos da cidade natal.

“São amigos, pessoas que vi nascer e crescer, e infelizmente foram todos vítimas da Covid. Todos eram pessoas novas, com 60 anos para baixo, 40, 35 anos… “, disse ele.

Elson conta que ele tinha o desejo de homenagear essas pessoas, mas a ideia de como fazer essa homenagem veio da filha caçula, a Elcia.

Cartaz em homenagem reúne o nome de 10 amigos de Elson Porto que morreram vítimas da Covid-19 — Foto: Arquivo pessoal

“Eu queria fazer essa homenagem para eles, mas não sabia como. Aí minha filha teve a ideia de fazer esse cartaz e eu gostei demais”, afirmou ele.

“Pena que não deu para incluir o nome de todos os amigos que eu perdi”.

Jorginho, Mirian, Neuza, Renato, Dirléia, Dejane, Juliana, Denilson, Paulinho e Félix, foram as pessoas citadas na homenagem feita na última sexta-feira. Mas, para incluir o nome de todos os amigos vítimas da Covid-19 em Guaxindiba, Elson precisaria levar mais um cartaz. De acordo com ele, desde o início da pandemia, mais de 15 amigos da região morreram vítimas da Covid-19.

“Me senti aliviado de ter tomado a vacina. Acredito muito que se (os amigos) tivessem tomado a vacina eles não teriam morrido. Mas eles não tiveram a mesma chance”, afirmou o idoso.

Elson Porto, de 72 anos, recebeu a dose da vacina na última sexta-feira (23) em Rio das Ostras, no RJ — Foto: Arquivo pessoal

Duas das três filhas, Elcia e Suelen, a esposa Francisca, e Elson foram contaminados pelo novo coronavírus no ano passado. Francisca foi a que mais sofreu com os sintomas da doença, chegando a ficar seis dias internada, mas se recuperou.

Será ela quem vai seguir com a homenagem. Nesta quinta-feira (29), Francisca, de 60 anos, receberá a primeira dose da vacina e também levará um cartaz com o nome de amigos vítimas da doença.

“Minha mãe vai levar um cartaz também, com o nome de quem não colocamos antes. Temos que fazer isso! É muito sofrimento”, afirmou a filha mais velha do casal, Quize.

De acordo com o último boletim, divulgado nesta segunda-feira (26), São Francisco de Itabapoana, que tem pouco mais de 42 mil habitantes, tem 1.794 casos confirmados da Covid-19, com 64 mortes causadas pela doença.

Já em Rio das Ostras, cidade onde Elson mora com a família, são 9.991 casos confirmados, com 336 mortes causadas pelo novo coronavírus, segundo boletim desta segunda.



Fonte: G1