Deputado estadual João Peixoto é enterrado em Campos; Câmara de Vereadores decreta luto de 3 dias | Norte Fluminense

0
35


Em nota, a Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes manifestou pesar, decretou luto de 3 dias e suspendeu a sessão ordinária em Plenário Virtual desta quinta-feira (1º), bem como demais atividades legislativas.

“Eleito vereador desta Casa de Leis no ano de 1992, João Peixoto passou pelo Legislativo de Campos, sendo eleito para a Assembleia Legislativo do Estado do Rio de Janeiro em 1994. Enquanto parlamentar, destacou-se pela simplicidade, sempre buscando o desenvolvimento da região e esta é uma perda irreparável para a política. Em nome dos 25 vereadores e demais servidores, a Câmara Municipal presta condolências aos familiares, com sinceros votos de conforto e superação neste momento trágico”, declarou em nota.

A Câmara de São João da Barra também prestou homenagem e propôs uma moção por todos os vereadores, que lembraram a ligação de João Peixoto com São João da Barra e a luta pelo desenvolvimento da região durante os seis mandatos na Alerj.

“Foi dele, por exemplo, o projeto que trouxe o gás natural veicular (GNV) para o Norte Fluminense. Atualmente, era presidente da Comissão Permanente de Agricultura Pecuária e Políticas Rural Agrária e Pesqueira. Casado, pai de três filhos, João Peixoto tinha 75 anos e começou sua vida profissional como taxista”, disse em nota.

O deputado estadual João Peixoto — Foto: Divulgação/ Alerj

João Alves Peixoto nasceu na cidade de Campos dos Goytacazes no dia 16 de fevereiro de 1945. Era casado e pai de três filhos. Estava no sexto mandato na Alerj.

Antes de ser deputado, o paramentar foi eleito vereador em 1992 em Campos, onde também presidiu a Comissão de Obras da Câmara de Vereadores.

Quem assume o mandato é Eurico Júnior (PV), ex-secretário de Educação de Paty do Alferes e candidato a prefeito de Vassouras, no Sul do Rio de Janeiro.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui