Confira a entrevista com Roberto Henriques, candidato à Prefeitura de Campos pelo PC do B | Norte Fluminense

0
25


No dia 15 de novembro 360.626 eleitores de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, vão às urnas escolher quem vai ser o prefeito e os vereadores da cidade a partir de 1º de janeiro de 2021. E para ajudar o eleitor a definir o seu voto, o G1 convidou os 11 candidatos a participar de uma entrevista com cinco perguntas sobre temas que influenciam a vida da população.

Os candidatos que enviaram as respostas após o prazo não tiveram os seus conteúdos publicados. Respostas que ultrapassaram o limite de caractere, previamente informado, também foram cortadas para garantir o mesmo espaço de resposta a todos os postulantes.

Roberto Henriques é o candidato pelo Partido Comunista do Brasil (PC do B) à Prefeitura de Campos. Ele tem 62 anos, é formado em história e foi deputado estadual entre os anos de 2011 e 2015. Em 2008, Roberto ocupou o cargo de prefeito de Campos no período de 9 meses, durante o afastamento do prefeito eleito, Alexandre Mocaiber.

Confira a entrevista com o candidato:

1. Caso eleito, quais medidas, na prática, o senhor pretende implementar para a população ter acesso a uma saúde pública de qualidade?

Em nosso governo, iremos reformular em novas bases estruturais, os serviços da atenção básica, assim como do pronto-atendimento, otimizando as demandas das diversas regiões. O que temos hoje? São diversas UBS em um raio de distância aproximadas. Iremos observar a melhor localização entre as pequenas regiões e instalar uma UBS que venha atender toda população, evitando desperdícios de recursos públicos e melhoria no atendimento. Implantar o hospital da mulher, onde funcionou a Faculdade de Filosofia.

2. É possível não depender dos recursos dos royalties numa gestão municipal? Como?

No primeiro momento, iremos buscar capitação das verbas do Fundo a Fundo; da Saúde ; da Educação e da Assistência Social. Depois iremos resolver a certidão negativa de débito do município, um problema que vem se arrastando por diversos governos. como tenho dito , vamos buscar o Dinheiro Novo, através de um projeto revolucionário sustentável, por meio de consórcios intermunicipal de desenvolvimento, através do Projeto Merco-Flu, junto ao BNDS, BRICS.

3. Infraestrutura da cidade: quais as prioridades e como atendê-las?

Nossa prioridade no primeiro momento será ouvir as demandas da população e dos prestadores de serviços públicos de transporte e em conjunto com nossa equipe técnica implementar projetos inovadores que atenda a mobilidade urbana, investindo nos diferentes modais, criando linhas para as atuais empresas privadas, explorar áreas como Guarus; distritos; baixada campista entre outras.

4. Quais serão as principais ações do governo voltadas para o desenvolvimento da economia local e geração de empregos em Campos?

Estruturar a formação e capitação de micro e pequenas empresas dando prioridade à economia criativa, criando mecanismo para poder ter acesso as compras públicas municipais. Organizar convênios e parcerias com Bancos e agentes do BNDS em conjunto com o SEBRAE para disponibilização de linha de crédito de capital de giro para micro e pequenas empresas, objetivando a criação de empregos em todas as regiões da cidade.

5. Cite outras ações, além das citadas anteriormente, ou algum projeto específico que o senhor gostaria de implementar e contar à população sobre?

G1: O candidato não enviou resposta para a pergunta.

Vídeos: Funciona Assim – Eleições 2020



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui