Confira a entrevista com Maxwell Vaz, candidato à Prefeitura de Macaé pelo Solidariedade | Região dos Lagos

0
14


No dia 15 de novembro 164.425 eleitores de Macaé, no interior do Rio, vão às urnas escolher quem vai ser o prefeito e os vereadores da cidade a partir de 1º de janeiro de 2021. E para ajudar o eleitor a definir o seu voto, o G1 convidou os 11 candidatos a participar de uma entrevista com cinco perguntas sobre temas que influenciam a vida da população.

Os candidatos que enviaram as respostas após o prazo não tiveram os seus conteúdos publicados. Respostas que ultrapassaram o limite de caractere, previamente informado, também foram cortadas para garantir do mesmo espaço de resposta a todos os postulantes.

Maxwell Vaz é o candidato à Prefeitura de Macaé pelo Solidariedade. Ele tem 61 anos e é aposentado. Ele atualmente é vereador na cidade.

Confira a entrevista com o candidato:

1 – Que tipo de ação pretende implementar parar gerar recursos para a cidade reduzindo a dependência dos royalties?

No meu governo vou diversificar a economia. Vou investir no turismo, organizar e divulgar o potencial hoteleiro, gastronômico, cultural, ecológico, rural, esportivo e as belezas naturais. Vou convidar indústrias, com oferta de áreas para se instalar e redução de impostos. Também vou terceirizar o parque de exposições e centro de convenções. Vou modernizar a secretaria de obras para liberar alvará de construção e Habite-se no prazo de 30 dias. Vou incentivar e organizar o setor pesqueiro. E acompanhar pessoalmente os grandes investimentos (termelétricas, TEPOR e o setor petrolífero).

2 – Como o senhor (a) pretende usar as novas tecnologias para tornar o atendimento público mais eficiente em alguma (s) área (s)? Explique sobre esse alinhamento do governo com as novas tecnologias.

Pretendo informatizar todos os processos. O requerente poderá acompanhar toda tramitação com transparência total. Um dos meus projetos de modernização é começar a implementação da energia solar pelas escolas. Todas terão autonomia energética sustentável em 2021. Toda iluminação pública e dos órgãos municipais serão de led até 2022. A saúde terá um sistema digital integrado, para atendimento das consultas, exames, especialidades, cirurgias e distribuição de remédios. Vamos também implantar um APP para as pessoas solicitarem serviços públicos com fotos georreferenciadas.

3 – Infraestrutura da cidade: quais as prioridades e como atendê-las?

Vou resolver definitivamente os problemas de alagamentos até 2022, realizando obras de drenagem eficientes. Inclusive já temos os projetos básicos. Quanto ao sistema viário, pretendo pavimentar e urbanizar a Rua Medeiros, para ligar a Barra e o Parque Aeroporto na Linha Azul, em 2021. Vamos implantar o viaduto no trevo próximo McDonald’s em 2022. Fiscalizar rigorosamente a PPP do Esgoto em seu cronograma de obras para garantir 100% de esgoto tratado até 2023. Pavimentar a estrada Frade até o portal do Sana, até 2022. E duplicar a ponte Ivan Mundin, até 2024.

4 – Caso eleito, quais medidas, na prática, o senhor (a) pretende implementar para a população ter acesso a uma saúde pública de qualidade?

No meu governo vou priorizar a atenção básica. Todos os bairros terão postos de saúde, com estrutura física moderna, confortável, sistema digital integrado, para atendimento das consultas, exames, especialidades, cirurgias e distribuição de remédios, até 2022. As pessoas, não sofrerão nas filas de esperas ou ficarão dependendo de favor. Elas terão seus direitos garantidos. Tudo feito de forma transparente e moderna.

5 – Cite outras ações, além das citadas anteriormente, ou algum projeto específico que o senhor (a) gostaria de implementar e contar à população sobre?

Vou apoiar e incentivar a produção rural. O agricultor familiar receberá, através de grupos de produção, trator e implementos no regime de comodato. A segurança pública também terá uma atenção especial. Vou dobrar o número de policiais nas ruas, através do convênio PROEIS com o Estado, em 2021. Vou implantar um sistema de monitoramento por câmeras e promover um sistema de gestão integrada de segurança pública, união entre estado e município, até 2022. No meu governo, todos terão água na torneira. É uma meta a ser alcançada em parceria com a CEDAE. Vou fiscalizar rigorosamente o convênio.

VÍDEOS: Funciona Assim – Eleições 2020



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui