Cestas básicas são entregues a 10 projetos sociais que atendem pessoas em vulnerabilidade | Norte Fluminense

0
16


Mais de 150 cestas básicas foram entregues, na tarde desta quarta-feira (23), a dez projetos sociais que desenvolvem atividades com pessoas em situação de vulnerabilidade em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

Alimentos podem ser doados nos pontos de vacinação em Campos dos Goytacazes, no RJ — Foto: César Ferreira/Prefeitura de Campos

Os alimentos foram entregues na sede da Fundação da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) com a presença da primeira-dama, Tassiana Oliveira, que representou o prefeito Wladimir Garotinho, e do secretário Municipal de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho.

Também estiveram presentes representantes dos seguintes projetos sociais: Associação de Coletivos Luz e Vida de Campos, Associação Corrente do Bem, Espaço Cultural Abadá Criativa, Bloco de Samba União Feliz e Mulheres que Fazem Campos.

“Ficamos felizes de ver a participação da população que tem abraçado a campanha. Estamos vivendo um momento difícil, mas todos nós podemos contribuir para ajudar quem mais precisa”, disse Tassiana.

A campanha já arrecadou 14.887 kg, sendo mais de 3 mil pessoas contempladas com o total de 920 cestas básicas. O secretário Rodrigo Carvalho explica que as entidades são escolhidas por meio de parceria entre a Fundação da CDL e o departamento de programas e projetos da secretaria.

“Temos um cadastro e as instituições são selecionadas conforme o trabalho desenvolvido. Estamos unidos para garantir alimentação na mesa das famílias. A participação de todos é fundamental”, destaca.

Os alimentos podem ser doados nos postos de imunização contra a Covid-19 ou Gripe (H1N1). A Prefeitura reforça que a doação não é um pré-requisito para receber a dose da vacina.

“Quero agradecer as doações da população que estão ajudando muito as famílias carentes de nossa cidade. Parabéns ao prefeito Wladimir Garotinho por estar próximo das entidades e estar ofertando essas cestas que vai colocar comida na mesa das pessoas. Quem ainda não vacinou, doe. Toda ajuda é bem-vinda”, comentou Sandra Barreto, presidente da Associação Luz e Vida de Campos.

Quem também agradeceu a iniciativa foi Elizangela Gomes, representante do Bloco de Samba União Feliz, localizado no Parque Rosário.

“Obrigado as pessoas que, além de se vacinarem, doaram. Muitos não têm noção da importância da doação na vida das famílias. Nós ficamos imensamente agradecidos pelo cuidado com a população”.

Também participaram do encontro com as entidades a subsecretária adjunta, Mariana Silva; o subsecretário de Igualdade Racial e Direitos Humanos, Gilberto Coutinho; e o subsecretário de Comunicação Social, Luiz Costa, além do diretor de Programas e Projetos, Marcelo Arêas. Da Fundação CDL, marcaram presença o presidente, João Eugênio, e a coordenadora, Kelly Mendonça.

Confira os projetos sociais beneficiados:

  • Associação de Coletivos luz e Vida de Campos – 10 cestas
  • Associação de Pais e Mestres da Escola Municipal Fazenda Chalita – 10 cestas
  • IDE! Studio Criativo – 10 cestas
  • Associação Corrente do Bem – 10 cestas
  • Santa Paciência Casa Criativa – 20 cestas
  • Espaço Cultural Abadá Criativa – 20 cestas
  • Bloco de Samba União Feliz – 20 cestas
  • Mulheres que Fazem Campos – 20 cestas
  • Fórum Municipal de Religiões Afro-brasileiras – 20 cestas
  • Associação de Bois Pintadinhos de Campos – 10 cestas



Fonte: G1