Caso Ana Paula Ramos: quarto acusado é condenado a 13 anos de prisão em regime fechado em Campos, no RJ | Norte Fluminense

0
16


Terminou no fim da noite desta terça-feira (19) o julgamento de Marcelo Henrique Damasceno de Medeiros, acusado de ser o responsável pela contratação de Wermison Carlos Sigmaringa Ribeiro e Igor Magalhães de Souza para o assassinato da universitária Ana Paula Ramos, morta em 2017 em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, após uma emboscada.

Já era quase meia-noite quando os sete jurados, por unanimidade, afastaram todas as teses da defesa e condenaram o réu pelo crime de homicídio qualificado. O juiz definiu a sentença de Marcelo em 13 anos de prisão em regime fechado.

A decisão ainda cabe recurso.

Os dois executores do crime e a mandante Luana Sales, que na época era cunhada da vítima, já tinham sido julgados e condenados. O julgamento deles ocorreu em julho deste ano. Luana Sales foi condenada a 24 anos de prisão. Wermison e Igor foram condenados a 13 anos em regime fechado.

Polícia Civil confirma cunhada como mandante do crime de jovem baleada em Campos, no RJ

Polícia Civil confirma cunhada como mandante do crime de jovem baleada em Campos, no RJ

Ana Paula Ramos, de 25 anos, foi baleada no dia 19 de agosto de 2017 em uma praça no Parque Barão do Rio Branco, em Guarus. O caso chegou a ser tratado como um assalto, mas as investigações da Polícia Civil apontaram para um crime passional.

A vítima estava acompanhada da cunhada, suspeita de ser mandante do crime, no momento em que foi abordada pelos dois atiradores.

A universitária estava de casamento marcado. No dia do crime, a cunhada, que seria madrinha na cerimônia, havia marcado de ver o vestido junto com Ana Paula. De acordo com as investigações da Polícia Civil, o grupo se reuniu no dia anterior no local do crime para combinar os detalhes.



Fonte: G1