Zico participa de revezamento da tocha olímpica em Kashima: ‘Realizei meu sonho’

0
12


O ex-camisa 10 do Flamengo e da seleção brasileira foi convidado de honra e encarou a chuva com todo o ânimo para percorrer seu percurso pelas ruas da cidade

Reprodução/Instagram/@zicoZico carrega tocha olímpica antes do início dos Jogos de Tóquio

Zico, ídolo da torcida do Kashima Antlers e dos japoneses, foi o representante brasileiro no revezamento da tocha olímpica na noite do último sábado, domingo de manhã no Japão. O ex-camisa 10 do Flamengo e da seleção brasileira foi convidado de honra e encarou a chuva com todo o ânimo para percorrer seu percurso pelas ruas da cidade. Os Jogos Olímpicos serão em Tóquio, daqui três semanas, e ele agradeceu muito após ter sido “esquecido” nos Jogos do Rio. “Um dia inesquecível em minha vida. Muitas coisas aconteceram em minha vida quando chegava Olimpíadas. Quase parei de jogar futebol por causa de ter sido cortado, não pelo corte em si porque todo técnico precisa ter liberdade para convocação, mas por ja cedo ter duvida em confiar na palavra das pessoas. Depois no meu país e na minha cidade terem me negado essa oportunidade de carregar a Tocha Olímpica. Hoje realizei meu sonho de participar de uma Olimpíada”, escreveu em suas redes sociais.

“Agradeço o Kashima Antlers, a cidade de Kashima e ao Japão por terem me dado essa oportunidade. Fiquei emocionado e posso dizer que tranquilamente considero encerrado meu ciclo esportivo que Deus me proporcionou. Corri junto com jogadores com quem joguei, Honda, e dirigi tanto no Kashima como na Seleção Japonesa, Nakata Koji, Takayuki Suzuki e Narahashi, que tão bem representaram o Kashima Antlers. Fica aqui meu agradecimento a todos que me enviaram mensagens de carinho e ao povo japonês pelo respeito e gratidão a minha dedicação ao desenvolvimento do futebol japonês. Depois posto mas fotos e vídeos”, completou o Galinho de Quintino, que foi um dos jogadores pioneiros do Brasil a se aventurar no futebol japonês, ajudando no desenvolvimento da modalidade no país entre 1991 e 1994 como o astro do Kashima Antlers. Reconhecido até hoje, Zico é diretor técnico do clube, servindo de olheiro e indicando jovens brasileiros ao clube.





Fonte: Jovem Pan