Vinicius Júnior é convocado por Tribunal de Valência para depor sobre caso de racismo

Além do jogador, três jovens de 18, 19 e 21 anos devem prestar depoimentos às autoridades

JOSE JORDAN/AFPVinicius Júnior aponta para a arquibancada após ter ouvido insultos racistas no estádio Mestalla, do Valencia
O atacante brasileiro do Real Madrid, Vinicius Junior, reage ao ser insultado apontando para as arquibancadas durante a partida de futebol da liga espanhola entre Valencia CF e Real Madrid CF no estádio Mestalla, em Valência, em 21 de maio de 2023

O atacante Vinicius Júnior, do Real Madrid, foi convocado pelo Tribunal de Instrução Nº10 Valência para depor sobre o último caso em que sofreu racismo, no estádio Mestalla. O brasileiro vai testemunhar via videoconferência como vítima de crime de ódio. Além do jogador, três jovens de 18, 19 e 21 anos devem prestar depoimentos – o trio chegou a ficar detido, mas já foi liberado pela polícia espanhola. No último domingo, 21, parte da torcida do Valencia chamou o atleta revelado pelo Flamengo de “macaco”. Revoltado, o jogador chegou a apontar para um dos homens que o insultava e foi expulso depois de se envolver numa confusão – o cartão vermelho foi retirado pela Federação Espanhola posteriormente.



Fonte: Jovem Pan