Vampeta detona Fernando após caso Robson: ‘Se fosse comigo, o pau iria quebrar’

0
11


Preso por dois anos na Rússia por transportar uma mala com o medicamento Mytedon, legalizado no Brasil, mas proibido no país europeu, o ex-motorista alega que o remédio era do sogro do jogador Fernando

Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem PanVampeta detonou o jogador Fernando após desfecho do caso Robson

Preso por mais de dois anos na Rússia, o ex-motorista Robson Nascimento de Oliveira ganhou a liberdade e teve o direito de retornar ao Brasil há cerca de quarenta dias. Detido em março de 2019 por transportar uma mala com o medicamento Mytedon, legalizado no Brasil, mas proibido no país europeu, ele alega que o remédio era do sogro do jogador Fernando, seu empregador que atuava no Spartak Moscou e atualmente veste as cores do Beijing Guoan, da China. No programa “Pergunte ao Vampeta” desta semana, o comentarista do Grupo Jovem Pan foi questionado sobre o que faria se estivesse na pele de Robson. “Pô, meu irmão, se fosse comigo, eu mataria essa filho da p***! Tá louco? O cara não tinha nada a ver, ficou dois anos preso com todo mundo vendo e não recebeu assistência nenhuma. Se fosse comigo, o pau iria quebrar. Agora, a justiça foi feita!”, disparou.

Robson foi solto apenas após Felipe Melo alertar o presidente Jair Bolsonaro sobre a situação do motorista na Rússia. O chefe do Executivo, então, conversou com autoridades russas e conseguiu negociar a liberdade do brasileiro. À Jovem Pan, o meio-campista palmeirense comemorou o desfecho do episódio. “Fala, galera da Jovem Pan! Estou muito feliz com o desfecho do caso Robson! Muito feliz vê-lo entre abraços, carinhos e amor em seu ambiente familiar. Voltar para a nossa pátria amada, o Brasil. É muito importante! Não posso deixar de agradecer Jesus, que abriu as portas para que o Robson voltasse. Entre tantas pessoas que ajudaram, eu quero agradecer ao nosso presidente Jair Bolsonaro, que dedicou muito do seu tempo para que o Robson retornasse. Sem dúvida nenhuma, foi essencial. O nosso ex-secretário Fabio Wajngarten, que me ajudou a levar ao presidente essa situação. Estamos muito contentes em ver um brasileiro de volta à nossa pátria amada. Um abraço!”, comemorou.

Assista ao programa completo abaixo:





Fonte: Jovem Pan