Uefa alerta Fifa para “consequências terríveis” de insistência em Mundial bienal

0
5


Por Simon Evans

MANCHESTER, Inglaterra (Reuters) – O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, alertou o comandante da Fifa, Gianni Infantino, a não levar adiante uma votação sobre um plano de uma Copa do Mundo bienal, dizendo que tal medida teria “consequências terríveis”.

O Conselho da Fifa está se reunindo nesta quarta-feira, e os planos de um novo calendário internacional de partidas que inclui um Mundial a cada dois anos estão na pauta.

A Fifa pretende ter uma decisão sobre a proposta até dezembro, e fontes indicam que a entidade pode realizar uma votação em uma “cúpula global” de todas as 211 associações filiadas no dia 20 de dezembro.

Uma decisão sobre a realização de um congresso extraordinário ou uma cúpula com votos sobre a proposta poderia ser tomada pelo conselho nesta quarta-feira, mas a Uefa é fortemente contra a ideia.

Na terça-feira, Infantino participou de uma teleconferência com as 55 federações nacionais da Uefa, e a proposta foi alvo de crítica e rejeição generalizadas.

A Reuters ouviu uma gravação da reunião, na qual Ceferin pediu a Infantino que desista de levar a questão a voto em dezembro.

“Estou pedindo seriamente a você e à Fifa que não forcem a votação, porque isto poderia ter consequências terríveis para o futebol em geral.”

Tiago Craveiro, presidente-executivo da Federação Portuguesa de Futebol, disse que uma ideia melhor seria uma Copa do Mundo extra só com seleções que não se classificaram para a edição anterior. Infantino disse que a ideia seria estudada e pediu a busca por um consenso.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9J13M-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale