Torcedores que praticaram racismo contra Vinicius Júnior são multados e suspensos de estádios na Espanha 

Decisão foi anunciada nesta segunda-feira, 5, pela Comissão Permanente contra Violência, Racismo, Xenofobia e Intolerância no Esporte da Espanha

JOSE JORDAN/AFPVinicius Júnior aponta para a arquibancada após ter ouvido insultos racistas no estádio Mestalla, do Valencia
Vinicius Júnior aponta para torcedor que teria cometido gesto racista em Valencia x Real Madrid

Os sete torcedores que chegaram a ser presos por crimes de ódio contra o atacante Vinicius Júnior, do Real Madrid, foram punidos na manhã desta segunda-feira, 5. Os quatro homens que supostamente penduraram um boneco com o uniforme do brasileiro em uma ponte de Madri, em janeiro deste ano, receberam as sanções mais pesadas. O quarteto, formado por jovens de 19 a 24 anos, terá que pagar uma multa de 60 mil euros (aproximadamente R$ 316 mil) e está proibido de acessar recintos desportivos por um período de dois anos. Já os três torcedores do Valencia que cometeram racismo diante de Vini Júnior, no Estádio Mestalla, em 21 de maio, receberam multas de 5 mil euros (cerca de R$ 26 mil) e foram proibidos de acessar recintos desportivos por um período de um ano. A decisão foi anunciada pela Comissão Permanente contra Violência, Racismo, Xenofobia e Intolerância no Esporte da Espanha, após reunião com o Conselho Superior de Esportes.



Fonte: Jovem Pan