Torcedores e jogadores do Napoli se unem em homenagem a Maradona

0
20


Atletas do time entraram em campo vestindo a camisa com o número 10 e o nome do ídolo

EFE/EPA/CIRO FUSCO – 26/11/20Por lá, as pessoas costumam dizer que ele “é um típico napolitano que nasceu acidentalmente na Argentina”

Os arredores do estádio San Paolo foram tomados pelos torcedores do Napoli. Mas eles não estavam ali para assistir o time italiano jogar — e, sim, homenagear o grande ídolo Diego Maradona. Em meio às fumaças vermelhas dos sinalizadores, os fãs pareciam não lembrar da existência da pandemia da Covid-19 e um mar de gente entoava o nome do argentino. Maradona chegou ao Napoli em 1984, após uma passagem de dois anos pelo Barcelona que não trouxe tantos louros como os que ele estava prestes a ganhar pela equipe italiana. Nas 259 partidas disputadas, Don Diego fez 115 gols com a camisa celeste — a que ele vestiu por mais tempo ao longo da carreira.

Por lá, as pessoas costumam dizer que ele “é um típico napolitano que nasceu acidentalmente na Argentina”. Na noite desta quinta-feira, 26, todos os jogadores do Napoli entraram em campo vestindo a camisa com o número 10 e o nome de Maradona. Com a imagem do Pibe de Ouro no telão, os atletas fizeram um minuto de silêncio. O técnico do Napoli, Gennaro Gattuso, disse que o craque sempre teve algo extraordinário e o classificou como o melhor jogador do mundo, afirmando que ele não morrerá nunca. Tamanha era a ligação do ídolo com a cidade que o prefeito de Nápoles, Luigi de Magistris, decretou luto oficial e afirmou que o estádio San Paolo será rebatizado com o nome de Diego Armando Maradona.

*Com informações da repórter Camila Yunes





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui