Torcedores do City pedem que Guardiola se atenha ao papel de técnico

0
8


(Reuters) – A entidade oficial que reúne torcedores do Manchester City pediu a Pep Guardiola que se atenha ao papel de técnico depois que o treinador comentou sobre os milhares de assentos vazios na vitória de seu time sobre o Leipzig no Estádio Etihad pela Liga dos Campeões na quarta-feira.

Guardiola pediu aos torcedores que comparecessem em maior quantidade para apoiar o time depois do triunfo de 6 x 3, que só foi assistido por pouco mais de 38 mil pessoas –bem abaixo da capacidade de cerca de 54 mil do estádio.

Kevin Parker, secretário-geral do clube de torcedores do City, disse à mídia britânica que ficou surpreso com os comentários de Guardiola.

“Ele não entende as dificuldades que algumas pessoas podem ter para assistir um jogo no Etihad às 20h de uma noite de quarta-feira”, disse Parker.

“Eles têm filhos em quem pensar, podem não poder pagar por isso, ainda há alguns problemas da Covid por aí… não vejo por que ele comenta sobre isso”, disse.

“Ele certamente é o melhor técnico do mundo, mas, da maneira mais gentil possível, acho que talvez ele devesse se ater a isso.”

O treinado reagiu à declaração de Parker afirmando que não pedirá desculpas por seus comentários.

“Eu disse após o jogo que estava frustrado que o estádio não estava cheio? Não vou me desculpar pelo que disse”, afirmou o treinador.

“O que eu disse é que precisamos da torcida. Não importa quantas pessoas venham, mas eu as convido a virem e a desfrutarem do jogo, porque precisamos do apoio. Sou inteiramente grato pelo apoio que tivemos contra o Leipizig… Nunca sentei aqui e perguntei por que as pessoas não vêm. Se não puder vir, então não venha. Não vou me desculpar com ele (Parker)”, acrescentou.

O City volta a atuar na liga inglesa em casa contra o Southampton no sábado, e Parker disse que não há dúvida de que o estádio estará cheio.

“É claro que ele iria querer casa cheia, mas não sei por que questionaria se teríamos uma contra o Southampton”, acrescentou Parker. “É uma situação diferente.”

(Por Simon Jennings em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH8G0LA-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale