Tite corta Dani Alves da seleção brasileira e anuncia substituto para as Eliminatórias

0
10


O lateral direito do São Paulo precisou ser desconvocado devido a uma lesão no joelho direito e a impossibilidade de se recuperar a tempo para o período de treinos e jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022

EFE/EPA/Marcelo Endelli / POOLDaniel Alves deixando partida do São Paulo machucado

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta terça-feira, 25, que o lateral Daniel Alves, do São Paulo, precisou ser desconvocado devido a uma lesão no joelho direito e a impossibilidade de se recuperar a tempo para o período de treinos e jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 – a seleção recebe o Equador, no Beira-Rio, no dia 4 de junho, e visita o Paraguai, em Assunção, no dia 8. Para a vaga do veterano, o técnico Tite optou por chamar Emerson, que atuou pelo Betis, da Espanha, na última temporada e estava na lista da equipe olímpica divulgada pelo treinador André Jardine para jogos de preparação para os Jogos de Tóquio-2020.

Na noite da última segunda-feira, Daniel Alves já havia adiantado que possivelmente seria cortado da seleção por causa da lesão, sofrida na primeira final do Campeonato Paulista, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. “A gente está nesse processo de recuperação, foi bem assustador da dor que senti. Mas depois vimos que não foi nada muito grave, pequeno estiramento. Mas estamos debatendo ainda, se vou continuar convocado, se não, mas sempre pensando em estar 100%. Defender a seleção é algo muito sagrado para mim. Ir sem estar 100% não seria conveniente, nem com o grupo. Estamos estudando, se não conseguir chegar 100% deverei ser cortado. Nos próximos dias a decisão vai ser tomada. Mas estou focado na recuperação. Se não for agora, o trabalho vai continuar”, declarou em entrevista ao SporTV.





Fonte: Jovem Pan