Técnico de basquete dos EUA elogia Irã e espírito esportivo norte-americano

0
8


SAITAMA, Japão (Reuters) – O técnico da equipe masculina de basquete dos Estados Unidos, Gregg Popovich, elogiou o espírito esportivo demonstrado por seus jogadores e pelo adversário, o Irã, durante a partida pela Olimpíada de Tóquio nesta quarta-feira, dizendo que isso mostrou o potencial do esporte de transcender as diferenças.

Após a partida, que os EUA venceram por 120 a 66, Popovich disse que seu time jogou bem contra um “time iraniano muito esforçado”.

Questionado sobre a importância dos dois países que têm uma história conturbada se enfrentarem nos Jogos, Popovich disse que as pessoas foram capazes de deixar de lado as diferenças de política nacional.

“Em geral, as pessoas em diferentes países se dão bem melhor do que seus governos”, disse ele a repórteres. “Uma vez que você chega aos políticos, de repente isso se torna muito mais complicado.”

O jogo de quarta-feira lembrou uma partida de futebol entre as duas nações na Copa do Mundo de 1998, quando os iranianos deram flores aos rivais norte-americanos em sinal de respeito. As duas equipes também fotografaram juntas antes da partida como uma demonstração de solidariedade.

O confronto terminou com a vitória do Irã por 2 x 1 naquela ocasião.

“A Olimpíada… transcende tudo isso”, disse Popovich nesta quarta-feira. “Não é nenhuma surpresa que os técnicos gostam de se conhecer, conversar e os jogadores de mostrar espírito esportivo, eles gostam. Só queria que fosse assim na vida real.”

(Por Omar Mohammed)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6R18Y-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale