Súmula explica expulsão de Adson, do Corinthians, e relata empurrão de Xavier em policiais após clássico 


O jogador corintiano recebeu o cartão vermelho por xingar o árbitro e reclamar dos seis minutos de acréscimos

MARCELLO ZAMBRANA/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOAdson e Igor Gomes disputam bola no clássico entre São Paulo e Corinthians

O meia-atacante Adson, do Corinthians, foi expulso pelo árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araujo após a derrota para o São Paulo, no Morumbi, pela semifinal do Campeonato Paulista. De acordo com a súmula da partida, divulgada na manhã desta segunda-feira, 28, o jogador recebeu o cartão vermelho por xingar o juiz e reclamar dos seis minutos de acréscimos dados pela arbitragem. “Após o término do jogo, o atleta veio em minha direção dizendo as seguintes palavras ‘tomar no seu c*, só isso de acréscimos? Tá de sacanagem’”, tendo que ser contido pelo policiamento e companheiros de equipe”, diz o texto.

De acordo com o árbitro, o meio-campista Xavier, também do Corinthians, partiu para cima de policiais militares depois da eliminação. “Esclareço que no vestiário da arbitragem após o jogo, foi solicitado pelo Major PM Valdinei Arcanjo da Silva, coordenador operacional do Segundo Batalhão de Choque, que relatasse que o jogador de número 39, Sr João Vitor Xavier de Almeida, da equipe Sport Club Corinthians Paulista, ao término da partida, empurrou os policiais militares que estavam na proteção dos árbitros dentro do campo e os xingou com as seguintes palavras ‘vai tomar no seus c*, seus lixos’”, completou a súmula.





Fonte: Jovem Pan