STJD libera público em jogos do Flamengo; Palmeiras e CBF se posicionam contra decisão

0
14


Medida vale para torneios organizados pela CBF em que o time carioca for mandante

Reprodução/ FlamengoTorcida do Flamengo poderá comparecer em jogos como mandante

Na tarde desta quarta-feira, 4, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol liberou a presença de público em jogos do Flamengo como mandante nos campeonatos organizados pela CBF (Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil) mesmo durante a pandemia de Covid-19. Segundo o presidente do STJD, Otávio Noronha, a medida só será possível se o clube carioca observar a presença máxima de público estabelecida pelo município e cumprir todas as exigências sanitárias das autoridades locais. Em sua decisão, Noronha comentou que Brasília e Belo Horizonte já liberaram o retorno gradativo da torcida e não cabe à CBF tomar medidas que vão contra o ‘Estado Democrático de Direito e de fundamentos Republicanos do sistema jurídico-constitucional’.

Em resposta à decisão, a CBF publicou um comunicado dizendo que a medida do STJD contraria uma decisão tomada pelos clubes da Série A em março de 2021 de apenas retornar com os torcedores nas arquibancadas após uma reunião conjunta. Segundo a nota, a Confederação já avalia um retorno de público a partir das quartas de final da Copa do Brasil de forma gradual ‘sempre zelando e priorizando a proteção à saúde da população’. “Qualquer partida realizada com público em desconformidade com tal planejamento inspira grande preocupação”, diz a CBF. O Palmeiras, clube que tem crescido a rivalidade com o Flamengo, também se posicionou contra a decisão do STJD em suas redes sociais.

“O Palmeiras discorda integralmente da decisão que permitiu que apenas alguns clubes joguem com a presença de seus torcedores. A decisão atenta contra a integridade da competição, sua credibilidade e isonomia”, diz a nota. O clube reforçou também o acordo firmado pelas equipes no início do ano. “A propósito, é de conhecimento público que os clubes da Série A, conjuntamente, em reunião do conselho técnico, decidiram que a retomada do público nos estádios somente aconteceria após definição de seu colegiado e essa decisão deve ser respeitada”, completou.





Fonte: Jovem Pan