Série B do Brasileiro também terá regra que limita troca de técnico em 2021

0
11


Cada time poderá ter apenas dois treinadores ao longo das 38 rodadas, sendo que os comandantes também só poderão dirigir duas equipes na mesma competição

ReproduçãoAndrey, jogador do Vasco, disputará a Série B

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) conseguiu impor a regra que limita a troca de técnico, com a anuência dos clubes, também na Série B do Campeonato Brasileiro 2021 – anteriormente, a medida já havia sido anunciada como a principal novidade do torneio da elite do nacional. Cada time poderá ter apenas dois treinadores ao longo das 38 rodadas, sendo que os comandantes também só poderão dirigir duas equipes na mesma competição. Apesar de ter o mesmo formato e ser chefiado pela mesma entidade, as divisões do Brasileirão têm regulamentos isolados. Desta forma, um mesmo técnico terá a possibilidade de passar por dois clubes na Série A e dois na Série B ao longo da temporada.

“A decisão dos clubes da Série B é mais uma demonstração de maturidade do nosso futebol. Era um desejo da CBF há alguns anos e ficamos satisfeitos que ela seja implantada simultaneamente nas duas principais divisões do Brasileirão. Assim como na Série A, a medida vai permitir a realização de trabalhos mais estruturados por parte dos treinadores e uma maior estabilidade técnica e financeira para os clubes. O futebol brasileiro está unido na direção da renovação e do desenvolvimento”, comentou o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

A nova regra determina que o clube começará a Série B com um técnico inscrito. Se demitir este treinador, poderá inscrever apenas mais um. Caso ocorra uma segunda demissão, o substituto terá de ser um profissional que já trabalhe registrado na comissão técnica ou nas categorias de base do clube há no mínimo seis meses. Se o pedido de demissão partir do próprio treinador, não haverá limitação ao clube para contratar um novo técnico. Esse treinador que pedir demissão, no entanto, só poderá ser inscrito por mais uma equipe durante toda a Série B. Ou seja, em caso de novo pedido de demissão, ele não poderá mais trabalhar na competição. Mas, se a demissão for feita pelo clube, não sofrerá nenhum tipo de limitação para arrumar um novo clube.

Confira a primeira rodada da Série B de 2021:

Vasco x Operário-PR

Vila Nova x Botafogo

Guarani x Vitória

Náutico x CSA

Brasil-RS x Londrina

CRB x Remo

Coritiba x Avaí

Brusque x Ponte Preta

Confiança x Cruzeiro

Sampaio Corrêa x Goiás

 





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui