São Paulo bate Corinthians e vai à final da Copa do Brasil – 16/08/2023 – Esporte


Pela segunda vez em sua história, o São Paulo disputará a final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (16), no estádio do Morumbi, a equipe tricolor eliminou o Corinthians na semifinal e avançou para a decisão, na qual lutará pela conquista inédita.

Depois de perder o duelo de ida, na Neo Química Arena, em Itaquera, por 2 a 1, a formação tricolor ganhou em seus domínios por 2 a 0, em uma partida no qual buscou a virada no placar agregado desde o início.

O começo do jogo, no entanto, teve um atraso provocado por atos de vandalismo contra o ônibus do Corinthians. O veículo teve suas janelas quebradas por objetos atirados em sua direção. Segundo Duílio Monteiro Alves, presidente corintiano, ninguém se feriu.

Quando a bola rolou, o primeiro gol saiu logo aos 13 minutos, com Wellington Rato, com um belo chute de fora da área. Depois, aos 32, Lucas Moura ampliou de cabeça.

Foi apenas o terceiro jogo de Lucas desde que ele voltou ao Brasil. No último domingo (13), ele fez contra o Flamengo o primeiro gol nesta volta. Agora, foi decisivo para a classificação.

O camisa 7 ditou o ritmo dos primeiros 45 minutos, nos quais o São Paulo envolveu o adversário, ficou boa parte do tempo no ataque e quase não deixou espaços para ser atacado.

O Corinthians até tentou reagir depois do intervalo, passou a ficar mais tempo no campo de ataque e teve boas chances, principalmente com Matías Rojas e Giuliano, mas os donos da casa controlaram bem a vantagem e ficaram com a vaga.

O ímpeto são-paulino nos primeiros 45 minutos refletia a vontade do clube de voltar à final do torneio, algo que só havia acontecido em 2000, na temporada em que encontrou o Cruzeiro na decisão. No Morumbi, houve um empate sem gols. Em Minas, os donos da casa ganharam por 2 a 1.

Desta vez, o adversário sairá do confronto entre Flamengo e Grêmio, que também se enfrentam nesta quarta-feira (16), às 21h30, no Maracanã. No primeiro duelo, em Porto Alegre, os cariocas venceram por 2 a 0.

Em caso de uma final contra o time rubro-negro, o técnico do São Paulo, Dorival Junior, vai reencontro seu último clube antes de assumir a equipe do Morumbi. Campeão da Copa do Brasil e da Libertadores com a formação do Rio, o treinador deixou a Gávea em dezembro, por opção da diretoria.

Em abril, ele assumiu o time paulista, na vaga deixada por Rogério Ceni, em um cenário semelhante ao de sua primeira passagem, em 2017.

A missão era recuperar o moral da equipe, que vinha de resultados ruins e atuações pouco convincentes sob o comando de seu ex-goleiro e ídolo histórico.

Além de dar uma nova cara para o time, que conquistou resultados importantes no Campeonato Brasileiro e está nona posição, também levou o time às quartas de final da Copa Sul-Americana, fase em que o clube vai encarar a LDU, do Equador, além da campanha vitoriosa até a final da Copa do Brasil.

O comandante foi responsável por resgatar o futebol de alguns jogadores, como Caio Paulista, Rodrigo Nestor e Pablo Maia. E ainda recebeu reforços importantes na última janela de transferências, entre eles Lucas, titular nesta quarta, e o colombiano James Rodríguez.

Mesmo antes da chegada deles, o São Paulo já havia conquistado alguns resultados expressivos, como conseguir eliminar o Palmeiras nas quartas de final da Copa do Brasil, até então considerado o principal feito do treinador nesta passagem.

Agora, com a virada sobre o Corinthians, ele também ajuda o clube a diminuir a ampla vantagem do rival no histórico de confrontos entre os clubes em mata-matas. Foi o 25º duelo deste tipo entre eles, agora com sete vitórias são-paulinas e 18 dos corintianos.

Desses confrontos, 15 foram pelo Campeonato Paulista. Fora do Estadual, o clássico já foi disputado na Recopa Sul-Americana de 2013, na final do Rio São Paulo de 2002 e a semifinal da Copa do Brasil do mesmo ano, além da final do Brasileiro de 1990, todos com títulos ou classificações do Corinthians.



Folha de S.Paulo