Santos supera o Boca Juniors e mantém chance de classificação na Libertadores

0
10


Belo gol de Felipe Jonatan colocou o Peixe em segundo no Grupo C, três pontos atrás do Barcelona de Guayaquil

Reprodução/ Twitter @LibertadoresFelipe Jonatan fez o único gol da partida

Depois de um começo ruim na Copa Libertadores, o Santos se recuperou e venceu a segunda seguida. Na Vila Belmiro, a equipe da Baixada Santista recebeu o Boca Juniors, adversário direto para a segunda posição no Grupo C, e superou os argentinos pelo placar de 1 a 0, com belo gol de Felipe Jonatan. O resultado deixa o Peixe em segundo na chave, três pontos atrás do Barcelona de Guayaquil. Esse foi o primeiro jogo de Fernando Diniz no comando da equipe. Dentro de campo, a equipe brasileira teve os primeiros minutos de pressão, mas foi o Boca que levou mais perigo. Aos 6, Pavon cruzou na direita e Tevez, de frente para o gol, chutou por cima. Quatro minutos depois, os argentinos chegaram novamente chutando de fora da área. Aos 31, o Santos teve lance de falta na entrada da área, mas Jean Mota bateu na barreira. Dez minutos depois o gol saiu. Aos 41, Felipe Jonatan fez uma boa jogada pela esquerda, driblou dois e chutou no canto de Rossi abrindo o placar.

O segundo tempo foi confuso em termos de arbitragem. Nos minutos iniciais, a bola bateu na mão de um jogador do Boca Juniors dentro da grande área, mas o juiz estava mal posicionado e não marcou pênalti. Lembrando que na fase de grupos não tem o uso do VAR. O tempo foi passando e, com o placar favorável aos brasileiros, o jogo começou a ficar quente e algumas confusões começaram. Uma marcação de falta errada levou ao cartão amarelo duplo de Diniz e Russo (técnico do Boca). Minutos depois, o árbitro expulsou os dois treinadores de uma vez por reclamação. Dentro de campo não mudou o placar e os brasileiros saíram vitoriosos. Na próxima semana, o Santos encara o The Strongest na terça-feira, dia 18, às 19h15.

Internacional leva virada do Táchira no Grupo B

Pelo Grupo B, o Internacional levou a virada do Deportivo Táchira e perdeu por 2 a 1, o gol dos Colorados foi marcado por Thiago Galhardo aos sete minutos do segundo tempo, de pênalti. Aos 32, Belorín empatou o marcador e aos 41, Maurice Cova decretou a virada em cobrança de pênalti. O resultado deixa a equipe Colorada em primeiro na chave com seis pontos, empatado com o Club Always Ready que entra em campo contra o Olímpia na quinta-feira. Na próxima quinta-feira, dia 20, o time viaja para encarar o Olímpia no Paraguai às 21h (horário de Brasília).





Fonte: Jovem Pan