Santos busca recuperação no Brasileiro antes de mata-mata da Sul-Americana – 05/07/2021 – Esporte

0
20


Sem vencer há duas partidas, o Santos terá uma sequência difícil pela frente entre jogos pelo Campeonato Brasileiro e pela Sul-Americana.

Serão três confrontos contra os atuais três primeiros colocados do Nacional, além dos duelos de ida e volta com o Independiente (ARG) pelas oitavas de final do torneio continental, nos dias 15 e 22 deste mês.

A série começa nesta terça-feira (6) contra o Athletico, vice-líder do Brasileiro. A partida será às 19h30, na Vila Belmiro, com transmissão do TNT. Nas rodadas seguintes, encara o Palmeiras, o terceiro colocado, no dia 10, e o Red Bull Bragantino, o líder, no dia 18.

Enquanto a equipe paranaense soma 19 pontos e tem um jogo a menos, os santistas somam 12 e figuram na 11ª colocação.

Clique aqui e simule os resultados do Campeonato Brasileiro

No último sábado (3), os comandados de Fernando Diniz acabaram derrotados pelo América-MG, por 2 a 0, em Belo Horizonte. Antes, vinham de um empate por 0 a 0 com o Sport.

Para a partida contra o Athletico, Diniz deverá contar com o retorno do goleiro John. Ele esteve ausente nos quatro últimos compromissos da equipe por causa de uma entorse no joelho direito.

Além dele, Kaio Jorge, poupado da partida com o América, também deve voltar. Por outro lado, Pará e o próprio Diniz terão de cumprir suspensão. Madson é quem jogará na lateral direita, enquanto o auxiliar Márcio Araújo comandará o time.

Para a sequência da temporada, o treinador santista já está preocupado com a possibilidade de perder o zagueiro Luan Perez, que tem negociação avançada com o Olympique de Marseille (FRA).

O técnico afirmou que tentou barrar a liberação do atleta. “Fui totalmente contra, absolutamente contra, o tempo todo contra e sou contra até agora”, disse após a partida diante dos mineiros.

“A gente tem um time que no primeiro semestre lutou até a última rodada contra o rebaixamento no Paulista. Era uma coisa clara que a gente precisava reforçar um pouco o time e não perder jogadores, ainda mais um jogador do tamanho que o Luan Peres tem no Santos hoje”, criticou o comandante.

O zagueiro tem sido titular absoluto na defesa santista. Pelo clube, ele já disputou 90 jogos e ainda não fez nenhum gol.



Fonte: Máquina do Esporte