Roger Guedes confirma data de estreia e vê Corinthians na briga pelo Brasileirão: ‘Vamos incomodar’

0
10


O atacante voltou a falar sobre a expectativa de enfrentar o Palmeiras; Dérbi está marcado para 25 de setembro, na Neo Química Arena

Rodrigo Coca / Ag. Corinthians
Roger Guedes deve estrear pelo Corinthians no próximo dia 7 de setembro, contra o Juventude

Roger Guedes foi apresentado como novo reforço do Corinthians na tarde desta sexta-feira, 3. Em conversa com a imprensa, o atacante confirmou que poderá estrear na partida contra o Juventude, na próxima terça-feira, 7, pela 19ª rodada do Brasileirão. O jogador de 24 anos, inclusive, projetou o Timão brigando pelo título da competição – atualmente, o time treinado por Sylvinho está na sexta posição, com 12 pontos a menos que o líder Atlético-MG. “Vamos incomodar no Corinthians. Espero que todos possam estar em campo logo. Estamos trabalhando no dia a dia, vamos ajudar o Corinthians. Todos me receberam muito bem, estou muito feliz aqui. Dá para chegar no campeonato, pensar jogo a jogo”, disse. “Sabemos que está longe, mas dá para chegar. Vamos ajudar o grupo. Willian acabou chegando, também. Quis fechar com o Corinthians por isso. Optei certo em ir para China, parte financeira. Agora tenho chance de me destacar no Brasil e tenho objetivo de chegar na Seleção, sim”, completou.

Dono da camisa 123, Roger Guedes rescindiu contrato com o Shandong Taishan, da China, para fechar com o Corinthians. Lá, ele afirma ter jogado em um posicionamento diferente. “Joguei na China como centroavante, segundo atacante. Minha posição é na ponta. Gosto de jogar solto no ataque, sem ter que ficar sempre na ponta. Onde Sylvinho quiser, estarei à disposição”, disse o atacante, que voltou a falar do clássico contra o Palmeiras, marcado para o dia 25 deste mês, na Neo Química Arena. “Tenho que focar no jogo de terça-feira (contra o Juventude). Jogo contra o Palmeiras está dando o que falar, mas visto as cores do Corinthians, espero que saia vitorioso. São jogos importantes, assim como o clássico”, comentou.





Fonte: Jovem Pan