River Plate confirma mais cinco casos de Covid-19 e tem problemas para Libertadores

0
14


Técnico Marcelo Gallardo tem apenas 10 jogadores disponíveis para a partida contra o Santa Fé, na quarta-feira

Reprodução/ Twitter @LeoPonzio_okTime do River Plate está desfalcado por causa da Covid-19

O River Plate confirmou nesta segunda-feira, 17, mais cinco casos de Covid-19 no elenco e pode não conseguir formar time para enfrentar o Independiente Santa Fé, na próxima quarta-feira, em Buenos Aires, pelo grupo D da Copa Libertadores, o mesmo do Fluminense. O departamento médico do clube argentino informou em um comunicado que nesta segunda-feira foram realizados novos testes para o elenco profissional, que mostraram resultados positivos do Covid-19 para os jogadores Lucas Beltrán, Flabian Londoño Bedoya, Gonzalo Montiel, Leonardo Ponzio e Alex Vigo. O nutricionista Marcelo Pudelka e o fisioterapeuta Enrique Confalonieri também deram positivo no teste. Com mais esses contágios, o técnico Marcelo Gallardo tem apenas dez atletas disponíveis para enfrentar o Santa Fé, pela penúltima rodada da fase de grupos. Os ‘Millonarios’ estão em segundo lugar na chave, com seis pontos, enquanto o adversário segura a lanterna, com dois. A liderança é do Flu, com oito, enquanto o Junior Barranquilla vem em terceiro, com três.

A situação do River é ainda mais complicada porque o clube optou por inscrever 32 jogadores no torneio continental, 18 a menos que o permitido pela Conmebol. No último sábado, o tetracampeão da América informou positivo para o coronavírus em testes dos jogadores Paulo Díaz, Federico Girotti, Enrique Bologna, Germán Lux, Robert Rojas, Nicolás De La Cruz, Rafael Santos Borré, Bruno Zuculini, Tomás Castro Ponce e Franco Petroli. Por causa dessas baixas, o River teve que enfrentar o Boca Juniors neste domingo, pelas quartas de final da Copa da Liga Argentina, com uma equipe alternativa, que incluía o goleiro Alan Diaz, de 21 anos e sem experiência nem mesmo na reserva.

*Com informações da EFE





Fonte: Jovem Pan