Rincón segue em estado ‘muito crítico’ após cirurgia de quase 3 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Ex-jogador sofreu acidente de carro na Colômbia; além dele, outras quatro pessoas também se feriram

Reprodução/Instagram/@freddyrinconoficialRincón é comentarista esportivo na Colômbia

O ex-meia colombiano Freddy Rincón segue em estado “muito crítico” após passar por uma cirurgia depois de se ferir junto com outras quatro pessoas em um acidente de trânsito ocorrido nesta segunda-feira, 11, na cidade de Cali, no sudeste da Colômbia. Laureano Quintero, médico da clínica Imbanaco, informou que, após uma cirurgia de duas horas e 45 minutos, Rincón foi transferido para a unidade de terapia intensiva (UTI), onde no momento seu prognóstico permanece reservado. “Sua condição, levando em conta o quão delicada foi a cirurgia, é muito crítica, razão pela qual estamos e continuaremos a oferecer tudo o que ele necessita”, disse Quintero aos jornalistas. Segundo a imprensa local, o acidente ocorreu na madrugada, perto do estádio Pascual Guerrero, quando o carro em que estava Rincón, ídolo da seleção colombiana e do Corinthians, colidiu com um ônibus do transporte público de Cali.

Rincón, assim como seus três acompanhantes e o motorista do ônibus, ficaram feridos e o ex-jogador foi levado para a clínica Imbanaco, em Cali. As autoridades estão investigando as causas do acidente e se Rincón estava dirigindo a caminhonete que colidiu com o ônibus no cruzamento de duas ruas. Rincón, de 55 anos, é atualmente comentarista esportivo na Colômbia, onde já vestiu as camisas do Independiente Santa Fe e do América de Cali. Fora de sua terra natal, além de suas passagens por Corinthians, Palmeiras, Santos e Cruzeiro, também defendeu as cores de Real Madri e Napoli. Os clubes desejaram forças para o ex-jogador e a família nas redes sociais.

*Com informações da EFE





Fonte: Jovem Pan