Quanto o São Paulo irá embolsar com a venda de Diego Carlos para o Aston Villa?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Como o defensor pelas categorias de base do clube quando tinha 20 anos, o Tricolor terá direito a 0,5% da transação, graças ao mecanismo de solidariedade da Fifa.

VICTOR MONTEIRO /PERA PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOJulio Casares anda no gramado do Morumbi após vitória do São Paulo sobre o Palmeiras
Julio Casares é o atual presidente do São Paulo

O São Paulo irá receber uma pequena quantia da negociação envolvendo o zagueiro Diego Carlos, que trocou o Sevilla pelo Aston Villa nesta quinta-feira, 26. Como o defensor pelas categorias de base do clube quando tinha 20 anos, o Tricolor terá direito a 0,5% da transação, graças ao mecanismo de solidariedade da Fifa. Segundo o portal UOL, os ingleses pagaram aos espanhóis 32 milhões de euros (na cotação atual, R$ 166,5 milhões) para fechar o negócio. Assim, a agremiação paulista ficará R$ 830 mil por ter participado do processo de formação do atleta. 

Contratado pelo São Paulo junto ao Desportivo Brasil, Diego Carlos chegou a disputar a Copinha de 2013 com o Tricolor. No mesmo ano, o zagueiro subiu para o time profissional, mas não conseguiu espaço e preferiu deixar o Morumbi. Após passar por Paulista e Madureira-RJ, ele começou sua trajetória internacional no Estoril, de Portugal. Depois, jogou no Porto e Nantes (França), antes de se destacar no Sevilla. Além de ser campeão olímpico na Tóquio-2020, o jogador de 29 anos já foi convocado por Tite e está no radar do técnico da seleção brasileira.



Fonte: Jovem Pan