Prefeitura do Rio libera público e final da Copa América terá 4 mil convidados – 09/07/2021 – Esporte

0
12


A final da Copa América entre Brasil e Argentina, marcada para este sábado (10), às 21h, terá público. Após liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro, o Maracanã receberá 4.400 convidados, que serão divididos entre as duas confederações finalistas.

Os 2.200 convidados credenciados pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ficarão alocados no Setor Norte do estádio. A outra metade, composta por argentinos credenciados pela AFA (Associação do Futebol Argentino), ficará no Setor Sul. A intenção é evitar a aglomeração de torcedores.

A resolução sobre a liberação do público foi publicada no Diário Oficial do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (9) e atende a um um pedido da Conmebol.

A prefeitura diz, ainda, que a medida tem caráter especial para este jogo. Os presentes no estádio deverão permanecer sentados durante a partida, espaçados, com uma distância de dois metros e não poderão comer ou beber durante o jogo.

Eles também precisararão apresentar um teste RT-PCR negativo feito nas últimas 48 horas antes do duelo.

Em evento na manhã desta sexta, o prefeito Eduardo Paes também caracterizou a final como um “evento-teste”. Na ocasião, ele também disse que houve uma solicitação da Conmebol para liberação de 50% do público para a partida.

“Foi feito um pedido para liberação de 50%, que foi recusado. Eu soube do pedido pela imprensa, a SMS [Secretaria Municipal de Saúde] analisou e negou. E, com um novo pedido, entendeu, com toda a liberdade do mundo, que 10% não seria problema. Eu não recebi pressão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), da Conmebol, de ninguém”, afirmou.

Em janeiro deste ano, a final da Copa Libertadores, também disputada no Maracanã, teve a presença de torcedores convidados por Palmeiras e Santos. As duas torcidas ficaram concentradas em um único setor do estádio, promovendo aglomeração.



Fonte: Máquina do Esporte