Pelé lamenta guerra na Ucrânia e atentado em Nova York: ‘Quando isso vai parar?’

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


‘São tantas as notícias tristes que começamos a adormecer nossos sentimentos mais humanos’, disse o Rei do Futebol

Reprodução/FifaPelé foi o melhor jogador de todos os tempos

Pelé, considerado o maior jogador de todos os tempos, usou suas redes sociais nesta quarta-feira, 13, para lamentar os incidentes que estão acontecendo no mundo. Através do Instagram, o Rei do Futebol criticou a guerra entre Rússia e Ucrânia, lembrando que 400 civis foram encontrados mortos na cidade de Kiev. Além disso, o ídolo do Santos e da seleção brasileira também mostrou chateação com o atentado ocorrido no metrô de Nova York, nos Estados Unidos, na última terça-feira.

“São tantas as notícias tristes, que começamos a adormecer nossos sentimentos mais humanos. É o necessário para sobreviver em um mundo em que mais de 400 pessoas aparecem mortas em uma cidade na Ucrânia. Uma semana mais tarde, um atentado a tiros em Nova York. Sem falar nos brasileiros que morrem todos os dias para a violência. Quando isso vai parar?”, escreveu o ex-atleta, atualmente com 81 anos.





Fonte: Jovem Pan