Para Megan Rapinoe, invasão ao Capitólio ‘mostrou as verdadeiras cores dos EUA’

0
10


Atacante da seleção norte-americana quer punição para apoiadores de Donald Trump que, segundo ela, são uma ‘multidão assassina’

Ian Langsdon/EFEMegan Rapinoe foi o grande nome da Copa do Mundo de Futebol Feminino

A campeã mundial com a seleção norte-americana de futebol, Megan Rapinoe, é muito conhecida por seus posicionamentos políticos e humanitários. Por esse motivo, era de se esperar que ela desse sua opinião sobre a invasão do Capitólio dos Estados Unidos, que aconteceu no dia 06 de janeiro. De acordo com a atacante, os apoiadores de Donald Trump “mostraram a verdadeira cor da América”. “Tratava-se da supremacia branca e da sustentação da supremacia branca”, disse Rapinoe a repórteres norte-americanos. “Esperançosamente [é] a gota d’água para tantas pessoas realmente entenderem a razão de estarmos aqui, porque nunca tivemos um acerto de contas com o que nosso país realmente é. Acho que mostramos nossas verdadeiras cores. Esta não é a primeira vez que vimos uma multidão assassina como essa”, completou.

Concentrada com a seleção norte-americana em Orlando, para um período de treinamentos, Rapinoe acredita que nada mudará se não houver punição pela invasão. “Todos os apelos por unidade e avanço não podem vir sem justiça. Se não punirmos e investigarmos ao máximo, apenas encorajará mais isso a acontecer”, declarou. “Foi um momento assassino. Cinco pessoas estão mortas … não podemos trazê-las de volta”. Rapinoe deve enfrentar o Brasil no Torneio She Believes, disputado em fevereiro nos Estados Unidos. Na edição de 2019, as anfitriãs foram as campeãs.





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui