Palmeiras x Santos será a terceira final brasileira da história da Libertadores

0
11


No retrospecto histórico entre as duas equipes em finais, o Palmeiras leva a melhor com duas vitórias contra uma do Santos

ReproduçãoSantos e Palmeiras farão final da Libertadores

O Santos assegurou a vaga para a final da Copa Libertadores da América 2020 nesta quarta-feira, 13, depois de vencer o Boca Juniors por 3 a 0 e se junta ao Palmeiras na grande decisão do dia 30 de janeiro, no Maracanã. As equipes farão a terceira final brasileira da história do torneio. A primeira vez que dois times brasileiros se enfrentaram foi em 2005, quando São Paulo e Athletico Paranaense decidiram a taça, melhor para o Tricolor que venceu no agregado por 5 a 1. No ano seguinte, em 2006, o São Paulo voltou à final, desta vez com o Internacional, e perdeu por 4 a 3. Além dessas duas ocasiões, só em 2018 o torneio voltou a ter duas equipes do mesmo país disputando o título, com a final entre Boca Juniors e River Plate, vencida pelos Los Millonarios por 5 a 3.

Na história do ‘clássico da saudade‘, Santos e Palmeiras já decidiram três finais. Em 1959, as equipes empataram em pontos no Campeonato Paulista e decidiram o título na bola, vitória para o Verdão por 2 a 1. Apenas em 2015 que o confronto foi reeditado em uma final, desta vez em duas ocasiões, novamente pelo Paulistão e também pela Copa do Brasil. No campeonato estadual, o Santos venceu nos pênaltis por 4 a 2 (empate no tempo normal por 2 a 2). Na Copa, o Palmeiras deu o troco e levou a taça com a vitória, também nos pênaltis, por 5 a 3 (empate no tempo normal por 2 a 2). No retrospecto histórico, o Palmeiras leva a melhor contra o adversário.

Na temporada de 2020, o único confronto no Paulistão terminou em 0 a 0; já os encontros no Brasileirão tiveram uma vitória do Palmeiras (no primeiro turno em 2 a 1) e um empate na Vila Belmiro (2 a 2). Essa será a segunda final única da história da Libertadores. A primeira foi disputada em 2019 entre River Plate e Flamengo, em Lima, no Peru, com vitória para o time brasileiro por 2 a 1.





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui