Palmeiras x Água Santa: Confira as prováveis escalações para a decisão do Paulistão 2023

Confronto decisivo acontece às 16h deste domingo, 9, no Allianz Parque; com trunfo no jogo de ida, Netuno joga pelo empate

JHONY INACIO/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDOPíquerez durante duelo do Palmeiras contra o Água Santa, na Arena Barueri
Píquerez durante duelo do Palmeiras contra o Água Santa, na Arena Barueri

Palmeiras e Água Santa fazem a finalíssima do Campeonato Paulista neste domingo, 9, às 16h, no Allianz Parque. Grande surpresa da competição, o time de Diadema, comandado por Thiago Carpini, venceu o jogo de ida por 2 a 1, na Arena Barueri, e tem a vantagem de empatar para ser campeão. Depois do tropeço na última semana, o Verdão escalou apenas reservas na estreia da Libertadores, quando perdeu para o Bolívar, na Bolívia. O Netuno, por outro lado, teve a semana livre de trabalho. Assim como em 2022, quando conquistou o estadual contra o São Paulo, o time alviverde precisará reverter um resultado negativo do primeiro confronto. Para levantar a taça nos 90 minutos, o time de Abel Ferreira tem que vencer por dois ou mais gols de diferença. Uma vitória por um gol de diferença leva a final para a cobrança de pênaltis.

Para a decisão do Paulistão, o Palmeiras deve ter duas mudanças em relação à escalação do jogo de ida contra o Água Santa. O jovem Vanderlan, de 20 anos, vai substituir o uruguaio Piquerez, lesionado, enquanto o atacante Endrick, de 16 anos, é cotado para voltar ao time titular. Assim, o Verdão deve ir a campo com: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Vanderlan; Gabriel Menino, Zé Rafael e Raphael Veiga; Rony, Dudu e Endrick. O Netuno, por sua vez, deve ter a mesma escalação do primeiro jogo. Marcondes, que substitui o capitão Rodrigo Sam, suspenso, formará a dupla de zaga ao lado de Didi. Acertados com o Santos para a sequência da temporada, o lateral Gabriel Inocêncio e o atacante Bruno Mezenga estão entre os 11 iniciais do técnico Thiago Carpini. O provável Água Santa tem: Ygor Vinhas; Reginaldo, Marcondes, Didi e Gabriel Inocêncio; Thiaguinho, Igor Henrique e Luan Dias; Lucas Tocantins, Bruno Xavier e Bruno Mezenga. O árbitro da grande final será Raphael Claus. Os assistentes serão Danilo Ricardo Simon Manis e Mauro André de Freitas. Thiago Luis Scarascati e Luiz Alberto Andrini Nogueira são, respectivamente, o quarto e quinto árbitros. O árbitro de vídeo (VAR) será comandado por Marcio Henrique de Gois.



Fonte: Jovem Pan