Palmeiras vence o Santos por 3 a 2, segue vivo no Paulistão e elimina o rival

0
11


Com resultado, o time de Abel Ferreira segue vivo na disputa pela classificação; time da Vila Belmiro poderá ser rebaixado se perder o último jogo da fase de grupos

Palmeiras/Cesar GrecoWillian marcou o segundo gol do Palmeiras no jogo

Buscando a classificação para o mata-mata do Campeonato Paulista, Palmeiras e Santos se enfrentaram na noite desta quinta-feira, 6, no Allianz Parque, em jogo válido pela 11ª rodada do torneio. Depois de ficar na frente do placar duas vezes, o Verdão conseguiu a vitória por 3 a 2 e se manteve vivo na briga pela classificação. Por sua vez, o Santos acabou sendo eliminado do Paulistão. Os laterais Viña e Esteves e o atacante Willian marcaram os gols do Palmeiras enquanto que Kaio Jorge marcou os dois gols do Peixe na partida. Com o resultado, o Palmeiras fica com 18 pontos, um a menos do que o Novorizontino, que hoje está se classificando no grupo C, precisando de um resultado favorável na última rodada, quando enfrentará a Ponte Preta fora de casa. Já o Santos estaciona nos 10 pontos, não tendo condições matemáticas de chegar nos 14 que soma o Guarani. Na próxima rodada, o time da Vila Belmiro enfrentará o São Bento em casa. Com os resultados da rodada, caso seja derrotado, o Santos será rebaixado.

O jogo

Palmeiras e Santos fizeram um primeiro tempo aberto, de seguidas chances de gol e de bom nível técnico. Como ambos precisavam da vitória, houve pouco tempo para estudo do adversário nos instantes iniciais da partida. Aos 4 minutos, cada time já tinha criado uma boa oportunidade no ataque. Aos 7, abriu o placar. Fazendo às vezes de lateral, Scarpa fez bela jogada pela direita e cruzou na medida para Viña, que apareceu sem qualquer marcação na pequena área para cabecear para o gol.Mas a vantagem palmeirense no placar durou apenas seis minutos. Foi quando Marinho recebeu lançamento pela direita e, ao dominar no peito, já deixou Viña para trás. Em seguida, cruzou no pé de Kaio Jorge, que não perdoou: 1 a 1. Exibindo ligeira superioridade, o Palmeiras voltou à liderar o placar em lance de bola parada. Após cobrança de escanteio na área, Willian escorou de cabeça, na primeira trave, e viu a bola pegar em Kaiky e João Paulo antes de entrar, aos 22. O Santos tentou responder aos 38, em forte chute de Pirani. Weverton saltou para fazer linda defesa.

Com o adolescente e a entrada de Marcos Leonardo, o Santos ganhou fôlego no ataque e voltou melhor para o segundo tempo. Criava mais chances, era mais perigoso e não demorou para empatar. Aos 5, em escanteio na área, Wesley puxou Kaio Jorge na frente do árbitro Luiz Flávio de Oliveira, que anotou a penalidade. O próprio Kaio Jorge converteu a cobrança. Do outro lado, o Palmeiras era mais lento, longe de repetir a boa atuação da etapa inicial. Somente a partir dos 20 minutos voltou a levar perigo ao gol de João Paulo. Preocupado, Abel Ferreira fez três alteração de uma só vez e colocou em campo Danilo, Rafael Elias e Lucas Esteves. Apenas dois minutos após entrar, Esteves completou cruzamento de Viña, aos 32, e selou a vitória dos anfitriões.

*Com informações do Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan