Palmeiras ganhou ‘bolada’ com premiações na temporada 2021; veja valores

0
14


Com o título da Libertadores e a confirmação do terceiro lugar no Brasileiro, assegurado com a vitória sobre o Cuiabá, o clube abastecerá seus cofres com muito dinheiro

Foto: NAYRA HALM/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOPalmeiras ganhou a Copa Libertadores da América 2021

O Palmeiras receberá uma “bolada” com premiações na temporada 2021. Com o título da Copa Libertadores da América e a confirmação do terceiro lugar no Campeonato Brasileiro, assegurado com a vitória sobre Cuiabá, o clube abastecerá seus cofres com, aproximadamente, R$ 164,5 milhões. Para alcançar este montante, também foram considerados os valores recebidos durante as disputas de Campeonato Paulista, Recopa Sul-Americana, Supercopa e Copa do Brasil, onde o Alviverde não saiu campeão.

Ao vencer o Flamengo na prorrogação e conquistar o tricampeonato da Libertadores, no último sábado, 27, o Palmeiras recebeu de premiação da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) 15 milhões de dólares (na cotação atual, cerca R$ 84 milhões). Ainda assim, como o torneio tem premiação cumulativa a partir das fases do torneio, a premiação total é de 22,5 milhões de dólares (R$ 126,2 milhões). Já no Brasileirão, onde o Verdão não pode alcançar o segundo colocado e nem ser superado pelo Corinthians, que ocupa a quarta posição, o clube ganhará R$ 29,7 milhões pela terceira colocação. 

Já na Copa do Brasil, o Palmeiras acabou sendo eliminado precocemente, se despedindo da competição ao perder para o CBR nos pênaltis, na terceira fase. Ainda assim, por ter participado da competição, a agremiação palestrina arrecadou R$ 1,7 milhão. Os cofres do clube foram abastecidos ainda, apesar de outras frustrações, com os vices da Supercopa do Brasil (R$ 2 milhões), Recopa Sul-Americana (R$ 4,2 milhões) e Campeonato Paulista (R$ 1,1 milhão). Todos eles pagam cotas aos participantes. Assim, com os R$ 164,5 milhões de premiação, a nova diretoria do Palmeiras, que será comandada por Leila Pereira a partir do dia 15 deste mês, pretende primeiramente equilibrar as contas, que seguiram apertadas por causa da pandemia em 2021. Só depois, parte do dinheiro poderá ser reinvestido. Estão na lista de prioridades valorização salarial dos atletas e comissão técnica. Abel Ferreira deverá ter um aumento salarial, embora tinha contrato.

*Com informações do Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan