Palmeiras faz primeiro treino no Catar e adaptação ao fuso horário vira desafio

0
12


Jogadores ainda não conseguiram descansar totalmente do voo de 12 horas desta quarta-feira; time entra em campo no domingo contra o Tigres, do México

Reprodução/ TwitterPalmeiras já fez primeiro treino para a estreia no Mundial

A diferença de seis horas de fuso horário de São Paulo para Doha, no Catar, é o primeiro obstáculo dos jogadores do Palmeiras antes da estreia no Mundial de Clubes da Fifa. O time fez nesta quinta-feira, 04, o primeiro treino no país e os atletas admitiram sentir dificuldade para fazer o organismo se acostumar às novas condições. No domingo a equipe estreia na semifinal contra o Tigres, do México. Após o primeiro trabalho, realizado na Academia Aspire, o meia Gabriel Menino comentou sobre a dificuldade de se adaptar. O time desembarcou na quarta-feira depois de 12 horas de viagem. “Chegamos muito cansados aqui. Hoje à tarde (manhã no Brasil), eu estava muito cansado, mas o doutor (Gustavo Magliocca) falou que era melhor não dormir para deixar para descansar só à noite. Mas logo vamos estar acostumados e nos adaptar rápido”, disse.

A delegação deixou São Paulo por volta das 23h45 da terça-feira (horário de Brasília) e chegou ao Catar na quarta-feira às 18h35 horário local (12h35 de Brasília). Ao desembarcar todos da delegação tiveram de passar por exames PCR para detecção do novo coronavírus. Só depois foram ao hotel e puderam descansar. Nesta quinta os jogadores fizeram trabalhos físicos no hotel e depois, no início da noite em Doha, trabalharam no gramado. “A gente sabe que é difícil essa questão do fuso horário. Passamos muito tempo no avião, chegamos aqui e por conta do PCR tivemos de ficar no quarto até sair o resultado. Saímos à noite do Brasil e chegamos à noite no Catar. Conseguimos treinar agora Vamos voltar ao hotel, descansar, ter uma boa noite de sono para amanhã (sexta) estarmos totalmente aptos”, explicou o zagueiro Luan.

O Palmeiras levou ao Catar os 23 inscritos no torneio e mais cinco atletas para completarem as atividades, entre eles Breno Lopes, o herói do título da Libertadores que não foi inscrito a tempo para o Mundial. O time volta a treinar na Academia Aspire nesta sexta-feira e, no sábado, o compromisso será no local da partida. A delegação vai fazer uma atividade de reconhecimento no estádio Education City, em Doha.

*Com informações do Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui