Palmeiras e Corinthians mantêm pressão em ‘banho-maria’ com empate – 12/06/2021 – Esporte

0
12


O dérbi entre Corinthians e Palmeiras tem o poder de se transformar em crise ou salvação para os envolvidos no confronto. O empate em 1 a 1 deste sábado (12), no entanto, manteve as duas equipes sob a mesma tensão que já viviam.

Pela terceira rodada do Brasileiro, no Allianz Parque, Raphael Veiga abriu o placar logo no terceiro minuto de jogo, e o volante Gabriel empatou, no início da segunda etapa —o time da casa ainda teve um gol de Willian anulado com verificação do VAR.

O resultado deixa em “banho-maria” a situação dos dois treinadores, que chegaram para a partida após serem eliminados na Copa do Brasil.

No Allianz Parque, o técnico Abel Ferreira manteve o esquema com três atacantes que funcionou na partida contra a Chapecoense, na última rodada. No meio de campo, trouxe de volta Felipe Melo para o time titular.

Com o empate, o retrospecto da equipe nas últimas 10 partidas segue irregular. São quatro vitórias, quatro derrotas e duas igualdades.

Nesse período, aumentam a pressão sobre o time a eliminação para o CRB da Copa do Brasil, na última quarta-feira (9), e também a derrota para o São Paulo na final do Campeonato Paulista.

Os resultados em jogos decisivos nesta temporada também não são dos melhores. Além dos reveses já citados, pesa contra Abel Ferreira a derrota na final da Supercopa do Brasil para o Flamengo.

No Corinthians, o empate também não alivia a pressão sobre Sylvinho, técnico recém-contratado.

Esse foi seu quinto jogo desde que assumiu o comando da equipe. Nesse período, o time foi eliminado da Copa do Brasil para o Atlético-GO (com um empate e uma derrota) e perdeu para o mesmo adversário na estreia do Brasileiro.

O único resultado positivo foi a vitória magra de 1 a 0 contra o América-MG, na última rodada. Uma vitória no clássico sobre o arquirrival Palmeiras dentro do estádio rival poderia significar alívio no Parque São Jorge, mas ela não veio.

Esse foi o primeiro empate do Palmeiras no Campeonato Brasileiro —antes, venceu a Chapecoense e perdeu para o Flamengo.

A próxima partida da equipe alviverde será pelo Nacional, contra o Juventude, às 21h30 de quarta-feira (16), fora de casa.

Um pouco mais cedo nesse mesmo dia, o Corinthians voltará a campo também pelo Brasileiro, contra o Red Bull Bragantino, em casa, às 20h30.

O time alvinegro tem campanha semelhante à do rival até aqui no Nacional: uma derrota (Atlético-GO), um triunfo (contra o América-MG) e agora um empate.

Com uma derrota e uma vitória nas duas primeiras rodadas, o Santos foi aos mesmos 4 pontos dos seus rivais ao empatar sem gols com o Juventude na Vila Belmiro, também neste sábado. Na quinta (17), enfrenta o Fluminense, às 19h, no Maracanã.



Fonte: Máquina do Esporte