NBA confirma data para início de temporada ‘sem bolha’; confira

0
13


A NBA terá um calendário reduzido, com 72 jogos para cada franquia na fase classificatória aos playoffs

ReproduçãoLakers x Thunder pela NBA 2020

A NBA e a associação de jogadores da liga (NBPA) oficializaram nesta terça-feira, 10, o dia 22 de dezembro como o do início da temporada 2020-2021, que terá um calendário reduzido, com 72 jogos para cada franquia na fase classificatória aos playoffs. Depois da avaliação de diversas opções de datas, a preferência foi por aproveitar o impacto do Natal e poder concluir a competição antes da abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, prevista para 23 de julho de 2021, um dia depois da data limite para o encerramento das finais da NBA.

Com o calendário com 72 jogos para cada equipe na temporada regular e sem a concorrência do evento poliesportivo adiado para o próximo ano, devido a pandemia da Covid-19, fará a liga arrecadar entre US$ 500 milhões (R$ 2,64 bilhões) e US$ 1 bilhão (R$ 5,28 bilhões). O montante seria referente aos direitos de transmissão no curto e médio prazo, o que permitiria que a NBA mantivesse o teto salarial de jogadores em US$ 109,14 milhões (R$ 576,4 milhões) e a ‘luxury tax’ – cobrada quando os times ultrapassarem o valor – em US$ 132,6 milhões (R$ 700,3 milhões).

A decisão de reduzir a temporada regular é uma das medidas para evitar a propagação do novo coronavírus, com a limitação de viagens. Dessa forma, a liga estaria evitando a realização de outra “bolha”, que foi o modelo utilizado para concluir competição neste ano. A diretoria da NBA, além disso, está trabalhando para conseguir a liberação do público nas quadras, com limitação da ocupação. Sem torcida das equipes nos ginásios em 2019-2020, a estimativa é que o prejuízo da liga foi de US$ 4 bilhões (21,1 bilhões).

*Com informações da Agência EFE





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui