Morre jornalista Orlando Duarte, ex-Jovem Pan, devido a complicações da Covid-19

0
23


O cronista esportivo cobriu 14 Copas do Mundo e 10 Jogos Olímpicos ao longo de sua carreira

ReproduçãoO jornalista esportivo Orlando Duarte morreu aos 88 anos

Orlando Duarte, um dos cronistas esportivos mais renomados do Brasil, morreu na manhã desta terça-feira, 15, aos 88 anos de idade, devido a complicações provocadas pela Covid-19 – ele estava internado há cerca de três semanas. Nascido em Rancharia (SP), o jornalista passou por vários veículos de informação do país, entre eles o Grupo Jovem Pan. Além disso, Orlando cobriu 14 Copas do Mundo e 10 Jogos Olímpicos ao longo de sua carreira. Ele deixa quatro filhos e seis netos.

Orlando começou a sua jornada no O Tempo, passou pela Gazeta Esportiva e trabalhou no Grupo Jovem Pan, Trianon, e na Rádio Bandeirantes, sendo esta última em duas oportunidades. Na televisão, o jornalista foi diretor de esportes da TV Cultura, a partir da sua inauguração em setembro de 1960. Além disso, passou ainda por SBT, Record, Globo e Band. Ex-colega de Orlando Duarte, o narrador Nilson Cesar, do Grupo Jovem Pan, lamentou a notícia. “Morreu nosso irmão , grande amigo e companheiro Orlando Duarte . Isso sim . Nos ensinou muito”, disse o locutor.

Cronista esportivo de qualidade, Orlando Duarte escreveu diversos livros sobre futebol e Olímpiada. O escritor, porém, também foi autor de romances, como “O Homem que volta” e “Os desesperados”. O jornalista estava afastado da profissão desde 2012. No ano passado, sua mulher, Conceição Duarte, informou que o jornalista foi diagnosticado com Alzheimer.





Fonte: Jovem Pan