Monumental de Núñez reabre como maior estádio da América do Sul | Placar



O Monumental de Nuñez, casa do River Plate em Buenos Aires, reabriu suas portas, agora como o maior estádio da América do Sul, com capacidade para 83.000 torcedores. A festa foi completa, pois o time da casa bateu o Argentinos Juniors pelo Campeonato Argentino por 2 a 1, neste domingo, 12.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 9,90/mês. Não perca!

O retorno foi marcado por diversas homenagens a ídolos do River, como Daniel Passarella e Ubaldo Fillol. Bandeiras de Lionel Messi e outros atletas celebrando o título mundial no Catar foram estendidos na tradicional casa da seleção argentina. Os torcedores ainda invadiram o campo para comemorar o retorno à casa.

A reforma durou cerca de dois anos. A antiga pista de atletismo foi retirada, possibilitando a ampliação da capacidade, atualmente de 83.196 lugares disponíveis. Um último setor tem previsão de ser finalizado em 2024 e elevará a capacidade para 84.567 pessoas.

Com a reforma, o palco em Buenos Aires desbancou o Monumental de Lima; confira, abaixo, a lista dos maiores estádios da América do Sul.

Os maiores estádios da América do Sul

1º) 83.196 – Monumental de Nuñez – Buenos Aires, Argentina

2º) 80.093 – Monumental – Lima, Peru

Continua após a publicidade

3º) 78.838 – Maracanã – Rio de Janeiro, Brasil

4º) 72.788 – Mané Garrincha – Brasília, Brasil

5º) 66.795 – Morumbi – São Paulo, Brasil

6º) 63.903 – Castelão – Fortaleza, Brasil

7º) 61.846 – Mineirão – Belo Horizonte, Brasil

8º) 60. 540 -Arena do Grêmio – Porto Alegre, Brasil

9º) 60.235 – Centenário – Montevidéu, Uruguai

10º) 57.503 – Mario Kempes – Córdoba, Argentina

Continua após a publicidade





Placar – Abril