Miranda, zagueiro do Vasco, é flagrado em exame antidoping pela Conmebol

0
9


O teste remete ao jogo de 3 de dezembro de 2020, quando o Cruz-Maltino enfrentou o Defensa y Justicia, em São Januário, pelo jogo de volta das oitavas de final da Sul-Americana

Rafael Ribeiro/Vasco da GamaZagueiro Miranda, do Vasco, foi flagrado em antidoping da Conmebol

O zagueiro Miranda, do Vasco, foi flagrado em exame antidoping realizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) – o jogador teria utilizado a substância canrenona, um diurético proibido pelos regulamentos antidopagem. O teste remete ao jogo de 3 de dezembro de 2020, quando o Cruz-Maltino enfrentou o Defensa y Justicia, em São Januário, pelo jogo de volta das oitavas de final da Sul-Americana. O clube carioca foi notificado cerca de seis meses depois, em junho. Na época, o defensor teria alegado que não ingeriu a substância proibida. O episódio estava em sigilo até esta segunda-feira, 6, quando a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) decidiu torná-lo público.

Apesar do resultado do exame, o Vasco poderá contar com Miranda no jogo contra o Avaí, nesta segunda-feira, a partir das 20h, em Florianópolis, pela Série B. Isto acontece porque o defensor não foi suspenso previamente – o recurso é comum quando o doping é em competições nacionais. De acordo com o Cruz-Maltino, a Unidade Disciplinar da Conmebol agendou audiência preliminar para esta terça-feira, 7, onde o jogador prestará depoimento.

Confira a nota do Vasco na íntegra:

Sobre a recente notícia envolvendo o zagueiro Miranda, o Club de Regatas Vasco da Gama informa que já tinha conhecimento sobre o fato há alguns meses e manteve o assunto em sigilo, como deveria ser, visando preservar o atleta. O Clube lamenta o vazamento da informação confidencial pela FFerj, que publicou a notificação em seu site oficial, tornando-a pública.

Ao ser notificado do fato, em junho, o Departamento de Futebol do Vasco procurou o atleta e o mesmo garantiu que não ingeriu a substância diurética. O Clube, portanto, confia na palavra de Miranda e continuará dando todo suporte ao mesmo durante o processo, acompanhando de perto, inclusive, sua defesa.

Embora o Vasco tivesse conhecimento do fato desde junho, também sabia que o resultado da contraprova seria notificado apenas no início de setembro. Após o resultado, a Unidade Disciplinar da Conmebol agendou audiência preliminar para esta terça-feira (07/09).

Informamos, portanto, que nenhum comunicado de suspensão preventiva foi feito por parte da CONMEBOL e Miranda segue em condições normais de jogo.





Fonte: Jovem Pan