Ministério Público do DF pede condenação de Nelson Piquet por comentários sobre Hamilton

Decisão é consequência do processo movido por entidades e organizações sociais, que acusam o brasiliense de racismo e homofobia contra o heptacampeão mundial de Fórmula 1

JOE KLAMAR / AFPNelson Piquet é tricampeão de Fórmula 1
Nelson Piquet é tricampeão mundial de Fórmula 1

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) pediu na última quarta-feira, 8, a condenação do ex-piloto Nelson Piquet por declarações preconceituosas contra o astro britânico Lewis Hamilton. A decisão é uma consequência do processo movido por entidades e organizações sociais ainda em julho de 2022, que acusam o brasiliense de racismo e homofobia contra o heptacampeão mundial de Fórmula 1. De acordo com o MPDFT, o procedimento investigatório criminal instaurado para apurar a injúria racial foi arquivado por desinteresse da vítima. Assim, o ex-atleta pode pagar R$ 10 milhões em indenização por responsabilidade civil por ato ilícito. A reportagem do site da Jovem Pan entrou em contato Piquet, mas ainda não obteve um retorno. Se houver uma resposta, a matéria será atualizada.

O caso contra Nelson Piquet veio à tona em junho do ano passado. Na ocasião, uma entrevista do ex-piloto ao jornalista Ricardo Oliveira, gravada em 2021, repercutiu nas redes sociais. Na conversa, o tricampeão mundial de Fórmula 1 se refere a Lewis Hamilton como “neguinho” e o critica por um acidente com o holandês Max Verstappen, da Red Bull. “O neguinho meteu o carro e não deixou (Verstappen desviar). O neguinho deixou o carro porque não tinha como passar dois carros naquela curva. Ele fez de sacanagem. A sorte dele foi que só o outro se f*deu. Fez uma p*ta sacanagem”, disse. Em outro trecho, o brasileiro disse que o britânico perdeu o título para Nico Rosberg por estar “dando mais o c*”. Keke [Rosberg]? Era uma bost*. Não tinha valor nenhum. É que nem o filho dele, ganhou um campeonato, o neguinho devia estar dando mais o c* naquela época e estava meio ruim”, comentou .

Na época, Lewis Hamilton tratou de responder Piquet nas redes sociais. “Vamos focar em mudar a mentalidade”, publicou no Instagram, em português, antes de completar em inglês. “É mais do que a linguagem. Essas mentalidades arcaicas precisam mudar e não tem mais lugar em nosso esporte. Fui cercado dessas atitudes e alvo durante toda minha vida. Já houve muito tempo para aprender. O tempo para ação chegou”. O britânico, heptacampeão da categoria, ainda ironizou o brasileiro, tricampeão, ao compartilhar postagem de fã que disse que ele deveria perguntar quem era Nelson Piquet. O brasiliense, após a repercussão, chegou a declarar que as expressões utilizadas não eram preconceituosas.



Fonte: Jovem Pan