Marroquinos celebram vitória compartilhada por África e mundo árabe

Por Ahmed Eljechtimi e Andrew Mills

RABAT/DOHA (Reuters) – Torcedores marroquinos explodiram de alegria neste sábado quando seu time se tornou o primeiro país africano a chegar à semifinal de uma Copa do Mundo, deixando o estádio com um barulho ensurdecedor e provocando gritos, choros e danças dentro do próprio país.

“Eles nos deixaram felizes e orgulhosos e provaram que podem chegar à final. Por que não? Estamos muito orgulhosos desta seleção que é apoiada pela África e pelos árabes”, disse Siham Motahir, uma jovem de Rabat, onde os cafés lotaram de torcedores para assistir ao jogo.

A vitória por 1 x 0 sobre Portugal, de Cristiano Ronaldo, é a terceira do Marrocos sobre um time europeu de alto escalão no torneio, uma sequência que trouxe alegria em todo o país e apoio generalizado em todo o continente africano e mundo árabe.

O presidente da União Africana, Macky Sall, escreveu no Twitter, usando letras maiúsculas para enfatizar sua empolgação: “HISTÓRICO! E FANTÁSTICO!”

Em um café de Abidjan, onde as pessoas assistiam ao jogo e bebiam cerveja para comemorar a vitória, o cliente Jules Goule disse que os marfinenses estavam orgulhosos da vitória do Marrocos. “Através de Marrocos, a África acaba de mostrar que pode competir com outros continentes no futebol”, afirmou.

“Waoh, waoh… Marrocos! É muita alegria! A África está brilhando! Vai África!”, gritou Agwe Jefferson, de 28 anos, um motorista na capital de Camarões, Yaoundé.

À medida que o jogo avançava, os torcedores marroquinos gritavam “Ole, ole, ole!” em uníssono, abafando alguns torcedores portugueses e vaiando sempre que Portugal tomava posse da bola.

Na cabine de imprensa, um segurança, aos gritos de triunfo, abraçou um jornalista marroquino que chorava de felicidade.

Enquanto o jogador marroquino Jawad El Yamiq caminhava pelo campo com uma bandeira pendurada nos ombros, um torcedor ficou imóvel, olhando para o gramado com as mãos sobre a boca, como se não pudesse avaliar a escala da vitória.

Mas em Rabat torcedores lotavam as ruas e as pessoas se aglomeraram em direção à praça do centro onde as vitórias do Marrocos são comemoradas.

“Os últimos minutos pareceram horas”, disse um torcedor, Samir Saqri, ao se juntar à multidão.

“O Marrocos está mostrando que as seleções africanas podem competir em alto nível”, acrescentou.

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEIB906Z-BASEIMAGE







Fonte: Mix Vale