Marcelo Moreno critica Conmebol por casos de Covid-19 na Copa América – 15/06/2021 – Esporte

0
14


O atacante Marcelo Moreno, 33, da seleção da Bolívia, fez duras críticas à Conmebol nesta terça (15) após a confirmação de que 53 pessoas envolvidas com a Copa América no Brasil receberam o diagnóstico de Covid-19.

“Obrigado a vocês da Conmebol por isso. A culpa é totalmente de vocês. Se morre uma pessoa, o que vocês vão fazer? O que importa é somente o dinheiro, a vida do jogador não vale nada?”, escreveu o atleta em uma rede social.

A Federação de Futebol da Bolívia informou que três pessoas da delegação foram infectadas. A entidade, no entanto, não divulgou os nomes dos profissionais. De acordo com a imprensa boliviana, Moreno seria um dos contaminados.

Segundo o Ministério da Saúde, entre os registros com resultado positivo em exames, 27 ocorreram entre jogadores e membros das delegações e 26 entre prestadores de serviços contratados para o evento.

A Bolívia estreou na Copa América na segunda (14), com derrota para o Paraguai por 3 a 1, em Goiânia. O atacante não foi relacionado para o duelo. Os bolivianos voltam a campo na sexta-feira (18) para enfrentar o Chile, em Cuiabá.

Procurada pela Folha, a Conmebol não se manifestou sobre a declaração do atleta até a publicação deste texto.

Na segunda-feira (14), o Ministério da Saúde havia registrado 41 casos de Covid-19. Nesta terça, a pasta atulizou o número para 53 e informou que foram realizados 3.045 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços.

Os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília e no Rio de Janeiro.

Segundo a pasta, as amostras devem seguir para sequenciamento genômico, que verifica se os registros são de novas variantes do coronavírus. Os resultados devem ser concluídos em até 14 dias.

A Copa América teve sua estreia no domingo (13), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, onde a seleção brasileira venceu a Venezuela, por 3 a 0.

O próximo jogo do elenco comandado pelo técnico Tite será contra o Peru, na quinta-feira (17), no Rio de Janeiro.

Na último dia 7, o Ministério da Saúde divulgou informações sobre os protocolos de segurança na Copa América. Pelas regras, os jogadores devem ser testados a cada 48 horas e não podem sair do hotel, exceto para ir aos treinos ou por questão de saúde.



Fonte: Máquina do Esporte