Liverpool x Real Madrid: Como os jogadores brasileiros chegam à final da Liga dos Campeões?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Nove atletas do país pentacampeão do mundo estão nos elencos de Real Madrid e Liverpool

Reprodução/ EFE por Emilio Naranjo e LFCliverpool e real madrid
Alisson e Vinícius Junior estão (praticamente) confirmados no Catar

Em ano de Copa do Mundo as atenções redobram em jogadores brasileiros que podem “cavar” uma vaga na seleção de Tite. Muitos são os nomes confirmados, mas uma boa apresentação na final do maior torneio interclubes do mundo pode gerar uma dúvida no comando da CBF e uma passagem para o Catar. Neste sábado, 28, nove brasileiros estarão em campo na final da Liga dos Campeões da Uefa entre Liverpool e Real Madrid, em Paris, na França. Em momentos diferentes de suas carreiras, ainda tem atleta brasileiro querendo se provar. Sendo assim, a Jovem Pan Online mostra quais “brasucas” estão nos elencos finalistas e como eles chegam nessa decisão. Está pronto?

Real Madrid

O Real atualmente tem cinco brasileiros em seu elenco principal: o zagueiro Eder Militão, o lateral Marcelo, o meio-campista Casemiro e os atacantes Vinícius Junior e Rodrygo. De todos, Vini é o que mais se destaca no momento. Na equipe desde 2018, o jovem de 21 anos tem 21 gols e 16 assistências em 51 jogos. Somente na Champions, marcou três gols em 12 partidas, tornando-se a grande referência no ataque, ao lado de Karim Benzema. Na seleção de Tite, o atacante já mostrou seu valor e deve ser um dos 23 brasileiros no Catar. Rodrygo também ganhou protagonismo nos últimos jogos de Champions, marcando gols decisivos. Presente nas convocações da amarelinha, também deverá estar na lista final.

Nome certo no meio de campo do Brasil é Casemiro. Há dez anos na seleção, o meio-campista de 30 anos vai para a sua segunda Copa do Mundo da carreira após disputar três Copa Américas. No Real Madrid, o brasileiro é ponto de segurança do treinador Carlo Ancelotti, mas chegou a perder algumas partidas na temporada por lesão. Militão já viveu tempos melhores na seleção, mas segue sendo convocado para a zaga. No Real, é peça-chave. Mas o protagonismo dessa final ficará com Marcelo, ainda que sua presença em campo não esteja garantida. O lateral não é mais convocado, porém deve se despedir do clube merengue depois de 15 anos. Até este sábado, ele soma 24 títulos, sendo quatro da Liga dos Campeões, além de diversos prêmios individuais e taças não-oficiais.

Liverpool

No Liverpool, são quatro brasileiros: os goleiros Marcelo Pitaluga e Alisson Becker, o meio-campista Fabinho e o atacante Roberto Firmino. Titular absoluto das traves amarelinhas, Alisson é constantemente lembrado entre os melhores goleiros do mundo e defende a seleção desde as categorias de base, chegando à principal em 2015. Campeão de tudo com o Liverpool, o arqueiro está mais que confirmado no Catar. O jovem Marcelo Pitaluga ainda é desconhecido do grande público. Hoje, ele é o quinto arqueiro dos Reds. Aos 20 anos, chegou ao time inglês em 2020 vindo do Fluminense. Foi campeão do Mundial sub-17 com a seleção e daqui há alguns anos poderá aparecer nas convocações da principal. Fabinho não é unanimidade entre a torcida brasileira, mas, no Liverpool, é um dos jogadores de confiança de Jürgen Klopp.

Aos 28 anos de idade, o meio-campista tem poucas convocações com a amarelinha. Participou da Copa América de 2021 e das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O Catar será sua primeira Copa da carreira, mas a concorrência é grande. O meio de campo do Brasil tem uma lista longa de nomes. Ele ainda é dúvida para a final por lesão. Por fim, Roberto Firmino não é mais um nome com presença cativa na seleção. Aos 30 anos, o atacante participou do Mundial de 2018 e de três Copa Américas. Na atual temporada, não rendeu tanto no Liverpool como nas temporadas anteriores e, por algumas lesões, tem ficado fora das convocações. Porém, Tite afirmou recentemente que mantém conversas com o atleta por sua recuperação e pode incluí-lo na lista final.



Fonte: Jovem Pan