Lewis Hamilton testa positivo para Covid-19 e está fora do GP de Sakhir

0
24


O piloto inglês foi campeão há pouco mais de duas semanas, na Turquia, e havia lamentado durante a semana passada que apenas tinha conseguido ver parte de sua família para comemorar o fato de ter igualado o recorde do alemão Michael Schumacher com sete títulos na Fórmula 1

EFE/EPA/Bryn Lennon / PoolLewis Hamilton testou positivo para Covid-19 e está fora do GP de Sakhir

O piloto Lewis Hamilton, da Mercedes não participará do GP de Sakhir, marcado para o próximo domingo, no Bahrein, na penúltima etapa da temporada 2020. O britânico testou positivo para a Covid-19 nesta terça-feira, 1º, e ainda corre o risco de perder a última prova do ano, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes, no final de semana posterior – sua presença dependerá de outros exames posteriores. Em nota, a equipe alemã informou que o heptacampeão do mundo foi testado três vezes ao longo da semana passada – o último realizado na tarde em que venceu o Circuito Internacional do Bahrein, no GP do Bahrein.

De acordo com o comunicado, Hamilton apresentou sintomas moderados da doença e passa bem. Ao mesmo tempo, foi informado de que teve contato com uma pessoa infectada na semana passada, antes da última corrida. O piloto fez o teste novamente e recebeu o diagnóstico que confirma o novo coronavírus. A Mercedes informou ainda que Hamilton está isolado e, apesar dos sintomas leves, está bem. Desta forma, será a primeira vez que Hamilton ficará fora de uma corrida desde que estreou na Fórmula 1. Ele disputou 265 provas seguidas desde o GP da Austrália de 2007.

O piloto inglês foi campeão há pouco mais de duas semanas, na Turquia, e havia lamentado durante a semana passada que apenas tinha conseguido ver parte de sua família para comemorar o fato de ter igualado o recorde do alemão Michael Schumacher com sete títulos na Fórmula 1. A escuderia ainda não oficializou quem será o substituto de Hamilton. Os mais prováveis substitutos serão os pilotos de testes da equipe alemã. Ocupam o posto atualmente o belga Stoffel Vandoorne e o mexicano Esteban Gutiérrez. Ambos já tiveram experiências no passado com a Fórmula 1 com outras escuderias.





Fonte: Jovem Pan