Jogos Olímpicos de Tóquio acontecerão sem público, revela jornal japonês

0
32


Aumento de infecções pela Covid-19 preocupa o governo japonês, que deve anunciar um novo estado de emergência na capital

EFE/EPA/KIMIMASA MAYAMAOlimpíada de Tóquio começa no dia 23 de julho

O jornal japonês Asahi publicou nesta quarta-feira, 7, que o governo local decidiu declarar um novo estado de emergência em Tóquio, devido ao aumento das infecções de Covid-19, e não permitirá público nos Jogos Olímpicos. A medida emergencial seria estendida de 12 de julho a 22 de agosto, abrangendo todo o período das Olimpíadas, que começam no dia 23 de julho. De acordo com a publicação, o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga dará entrevista coletiva com a decisão às 19h (local), 7h no horário de Brasília. O país teve que os casos aumentem ainda mais, refletindo por exemplo, a onda que atingiu a capital japonesa no ano passado quando a população se deslocou durante as férias de verão.

Nesta terça-feira, Tóquio registou 920 casos de contaminação do coronavírus, o maior número desde 13 de maio. Apesar da notícia alarmante, o Asahi afirma que é improvável que o estado de emergência cause o cancelamento do evento. A cartada final sobre o público deve sair depois de uma reunião com autoridades locais e Comitê Olímpico Internacional. O governo japonês já tinha anunciado que somente o público local poderia assistir às competições das Olimpíadas e Paraolimpíadas.





Fonte: Jovem Pan