Jogadores brasileiros do Shakhtar e Dínamo cruzam a fronteira da Ucrânia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Atletas fizeram viagem de trem e deixaram o território ucraniano; país vive conflito com o Exército russo

Reprodução/Twitter/@tariqpanja – 27/02/2022Jogadores do Shakhtar sairam do território ucraniano

O jogadores brasileiros que atuavam pelo Shakhtar Donetsk e pelo Dínamo de Kiev conseguiram cruzar a fronteira da Ucrânia e sair do país que hoje vive um conflito contra as Forças Militares russas. Neste domingo, os atletas embarcaram em um trem na capital ucraniana e desembarcaram na cidade de Chernivtsi, no oeste do país. De lá, rumaram para a Moldávia e ali se dividiram. Parte dos esportistas permaneceram no local e o resto partiu em direção à Romênia.

Junior Moraes, atleta nascido no Brasil e com naturalizado ucraniano, corria risco de ser convocado para atuar na guerra contra o Exército da Rússia. Após deixar o país, o jogador agradeceu ao apoio e celebrou a liberdade. “Estamos livres! Antes de qualquer coisa eu quero agradecer todos vocês por todo apoio e comoção! Sintam-se importantes porque vocês realmente foram!”

Em suas redes sociais, o ex-atacante do São Paulo, David Neres, publicou um vídeo em que cruza a divisa da Ucrânia e celebra o fim da apreensão. O Itamaraty atuou para retirar os atletas com saída na estação de Kiev e sem precisar comprar bilhetes. Já a UEFA (União das Federações Europeias de Futebol), junto com a Federação Ucraniana de Futebol, arquitetou a escolta de segurança dos ônibus e prestarão auxílio para o retorno ao Brasil.





Fonte: Jovem Pan